Importação em Divinópolis avança 59% no ano

 

Pablo Santos

A entrada de produtos estrangeiros em Divinópolis avançou 59% no ano. De acordo com os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), 61% dos itens importados chegam do continente asiático. Arroz é o principal item adquirido do exterior.

De janeiro a setembro, foram importados por Divinópolis US$ 18,1 milhões. No mesmo período do ano passado, a cidade comprou de outros países US$ 11,4 milhões em itens.

Conforme a Secex, 31% de tudo que foi importado pelo município se refere ao arroz. Foram adquiridos de janeiro a setembro, US$ 5,7 milhões do item, contra US$ 2,5 milhões do mesmo período do ano passado, representando alta de quase 121%.

O segundo produto com maior volume de importação foram os tecidos de fibras artificiais descontínuas com US$ 1,5 milhão. O valor é 8,7% maior quando se confronta com o mesmo período do ano passado.

Dos US$ 18 milhões importados por Divinópolis, 61% são provenientes do bloco asiático e 33% dos países da America Latina.

China é principal parceiro comercial da Ásia e da América o Paraguai representa a maior fatia.

Brasil 

As importações cresceram pelo 10º mês consecutivo no Brasil. As compras internacionais registraram aumento em setembro, o que não ocorria desde janeiro de 2012. É a maior taxa de crescimento desde 2015.

— Este é um indicativo positivo de recuperação da economia. Confirmaremos esta tendência nos próximos meses, mas é fato que a média diária de importações vem apresentando crescimentos nos três últimos trimestres —avaliou o secretário de Comércio Exterior, Abrão Neto.

As importações somaram US$ 111,325 bilhões no acumulado do ano,  8,5% acima, pela média diária, sobre o mesmo período anterior. Também houve crescimento de combustíveis e lubrificantes (35,3%), bens intermediários (11,4%) e bens de consumo (5,7%), enquanto que caíram as compras de bens de capital (-18,6%).

 

Comentários
×