Hospitalidade

 

Piumhi é a quinta (entre dez) cidade mais hospitaleira do Brasil, numa lista selecionada pelo site Airbnb, com base nas resenhas deixadas pelos internautas cadastrados no serviço. A notícia sacudiu a auto-estima dos piumhienses, pois a pesquisa avaliou os comentários carinhosos que não abordavam especificamente as questões turísticas, mas principalmente o jeito de receber.  

Boa mesa 

A pesquisa do site de reserva de imóveis e quartos de temporadas sintetizou: “No meio da serra da Canastra tem a usina hidrelétrica de Furnas, que proporciona diversos passeios em sua barragem. O Parque Nacional da Serra da Canastra é outro ponto turístico importante, devido a nascente do Rio São Francisco. O queijo da Canastra garante a boa mesa”. 

No topo  

Liderando a pesquisa, surge São João Del Rey que ganhou com larga diferença devido ao roteiro histórico que oferece atrações como a Igreja de São Francisco de Assis e a Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar. 

As oito  

As demais cidades eleitas foram Penha (SC), balneário catarinense conhecido pelo Beto Carrero World. Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro que encanta pelo ecoturismo e o turismo de aventura. Bento Gonçalves, cidade gaúcha que produz vinho acompanhado por alguns clássicos da culinária como o galeto al primo canto. 

Imbatível  

A incomparável Florianópolis com praias para surfistas, famílias e quem quer agitação ou quer sossego ficou em sexto lugar. E Resende, no Rio de Janeiro, sede da Academia Militar das Agulhas Negras, próxima ao Parque Nacional de Itatiaia, ponto de saída para passeios em meio a mata, trilhas e visitas a cachoeiras na sétima colocação. 

 História  

Vitória, capital dos capixabas está na 8ª posição pelas belas praias e atrações como o convento de Nossa Senhora da Penha e o centro histórico (Vitória foi fundada em 1551). De São Paulo, apenas São José dos Campos entrou na rota e cresceu por influência de indústrias e do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica além do Parque Santos Dumont, que homenageia o famoso aviador. 

No Sul 

Caxias do Sul ficou na décima posição pela opção da hospedagem em residências, para quem quer contato mais próximo com os costumes locais, Dentre as atrações estão as vinícolas e a Estrada do Imigrante, com construções e restaurantes típicos. A Festa da Uva, realizada a cada dois anos (e que seria em 2018), foi adiada para 2019 por falta de verba. 

Gastronomia  

A pesquisa informal não deixa dúvida de como a vida gira em torno da receptividade, boa comida e bebida. Divinópolis, que finalmente entrou no roteiro turístico do Brasil, precisa melhorar o atendimento porque já tem o Festival Prato da Casa, que arrasta multidões. No entanto, o respeito à história é abaixo da crítica, pois o patrimônio histórico vai se desmilinguindo sem ninguém fazer. Nem os vereadores parecem sensíveis a esta causa, vital para a identidade cultural do povo e do município.  

 Chapa quente  

 O presidente da Associação Comercial e Industrial de Divinópolis (Acid), Léo Gabriel, participou ontem de reunião da Associação Mineira de Municípios em Itapecerica. Entre as tratativas, a formalização da chapa para disputar o governo de Minas, composta por Márcio Lacerda e Dinis Pinheiro. O prefeito de Carmo do Cajuru, Edson Vilela também esteve presente ao evento. 

 

 

Comentários
×