Homicídios chegam a 59 em Divinópolis

Da Redação

Um jovem foi morto na tarde de domingo, por volta das 17h, na área central de Divinópolis. Kenedy Nunes Silva, de 27 anos, foi atingido por aproximadamente sete tiros, de acordo com o Samu.

Ele estava em um bar no cruzamento das ruas São Paulo e Rio Grande do Sul quando dois homens se aproximaram e começaram a atirar.

Kenedy tentou fugir, descendo a rua São Paulo no sentido do bairro Sidil. No entanto, não foi muito longe e acabou levando outros diversos tiros. Ele foi alcançado pouco depois do cruzamento, no início da descida, já que se trata de um quarteirão totalmente íngreme. Quando o Samu chegou ao local, o homem já estava morto.

De acordo com testemunhas, quem estava no bar correu para se esconder ou se deitou no chão. Mesas e copos do estabelecimento foram derrubados.

Outras duas pessoas foram atingidas pelos disparos.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima tinha uma longa ficha criminal, incluindo passagens por tráfico de drogas e era procurada há um bom tempo.

Até o fechamento desta matéria, por volta das 16h de ontem, a Polícia Militar (PM) havia informado que o rastreamento seguia em aberto e que a Polícia Civil deve entrar no circuito de investigação.

Latrocínio

Já na sexta-feira, 7, um homem de 53 anos foi vítima de latrocínio no início da noite no bairro Planalto, também em Divinópolis.

De acordo com informações da Polícia Militar, a ocorrência foi registrada na rua Duarte. A princípio, segundo a Polícia, havia ocorrido um roubo. Em seguida, os autores ainda agrediram o homem.

A vítima chegou a ser atendida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Um dos autores foi preso em flagrante pela PM.

Com os dois homicídios registrados no fim de semana, Divinópolis chegou à marca de 59 assassinatos registrados somente neste ano. No ano passado, foram 61 mortes.

 

Comentários
×