Homem que matou ex-sogra continua internado

Rafael Camargos

Continua internado no Hospital São João de Deus (HSJD), Everton de Freitas Guimarães, 39 anos que inconformado com o fim de um relacionamento, assassinou a tiros a ex-sogra e deixou o ex-sogro em estado grave. O quadro clínico do homem não foi divulgado pela assessoria de comunicação do hospital, ontem, 13, que informou estar preservando a imagem do paciente.

O caso aconteceu por volta das 23h de terça-feira, 5, na rua Dracenas, no bairro Belo Vale, em Divinópolis. As informações são da Polícia Militar (PM).

Testemunhas relataram à PM que Everton, popularmente conhecido como "Tiú", era ex-namorado de uma jovem de 23 anos. Ele chegou ao local do crime em uma Pajero preta. Sem aceitar o fim da relação e após discussão com Edriania Batista Leite de Oliveira, 40 anos, mãe da jovem, ele teria sacado uma arma de fogo da cintura e efetuado um disparo ela.

Ela foi atingida na cabeça e morreu na hora. Quando o marido dela, Jesus Antônio de Oliveira, de 52 anos tentou intervir, também foi alvejado por um disparo no abdômen.

Em seguida, ainda de acordo com a PM, Everton Guimarães tentou fugir do local, porém foi contido por outras pessoas. Revoltadas com o fato, elas retiraram o revólver dele e o agrediram com socos e chutes. Além disso, apedrejaram o seu veículo.

Armas e munições

A PM apreendeu o revólver Rossi, calibre .38, usado no crime, juntamente com quatro estojos deflagrados, duas munições picotadas e nove intactas encontradas no bolso da calça de Everton.

No interior do veículo, a polícia localizou uma réplica de pistola calibre.45, marca Springfield Armory, cor preta.

Comentários
×