Homem é preso em Carmo do Cajuru após agredir e ameaçar ex-companheira

Da Redação

Um homem de 22 anos, suspeito da prática dos crimes de lesão corporal e ameaça, foi preso pela Polícia Civil de Minas Gerais, por intermédio da 4ª Delegacia de Carmo do Cajuru, na manhã desta segunda-feira.

De acordo com o delegado Weslley Amaral de Castro, as investigações tiveram início quando familiares da vítima, ex-companheira dele por mais de três anos, procuraram a Delegacia de Polícia e informaram que ela vinha sido agredida constantemente.

— As agressões e ameaças não eram restritas à ex-companheira. Apurou-se ainda que o investigado já teria agredido, em outra oportunidade, a mãe dela e teria ameaçado o irmão. Além disso, em dezembro, o investigado, ao ver a vítima na rua, tentou beijá-la a força e, diante da negativa dela, passou a lhe agredir com diversos socos e chutes, ignorando a presença da criança filha deles, o que causou à mulher diversas lesões corporais, como olhos arroxeados e hematomas nos lábios — informou a Polícia Civil.

Diante do iminente risco de vida à vítima, a prisão preventiva do investigado foi solicitada e, após manifestações favoráveis do Ministério Público e Poder Judiciário, cumprida pela Polícia Civil.

Segundo o delegado, o investigado possui passagens criminais por roubo, receptação, ameaça, lesão corporal e uso e consumo de drogas. Ele permanecerá preso preventivamente no Presídio Floramar.

Comentários
×