Homem é morto a tiros em Carmo do Cajuru; briga por drogas seria motivo

Ricardo Welbert 

Um homem foi morto a tiros durante a manhã deste sábado, 2, em Carmo do Cajuru. Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas encontraram Euler Oliveira e Silva, de 37 anos, caído em frente ao número 91 da rua Colômbia, no bairro Cidade Nova 2. De acordo com os peritos da Polícia Civil que estiveram no local, a vítima foi morta com três tiros.

O suspeito do crime é Ramon Fernandes Abreu e Silva, de 24 anos, conhecido como “De Menor” e que tem várias passagens criminais por furto, desacato, receptação, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ele cumpria prisão domiciliar. Ainda segundo a PM, depois de matar Euler, ele teria roubado um automóvel Fiat Uno. Em depoimento à polícia, a vítima desse segundo crime reconheceu Ramon.

O veículo foi abandonado na rua Machado, no bairro Cidade Jardim, em Divinópolis. Em seguida, Ramon fez contato com Luis Cláudio Alves Nascimento, de 22 anos, e Gilda Maria Alves Nascimento, de 53 anos, que teriam favorecido a fuga do suspeito. Na casa deles foi encontrado o carro roubado. Os dois, que ainda não tinham antecedentes criminais, foram presos por favorecimento.

O rastreamento continua no intuito de localizarmos Ramon.

Arthur Elias Fernandes Abreu e Silva, de 20 anos, irmão do suspeito, disse que na sexta-feira, 1º, ele e Ramon discutiram com Euler por causa de drogas, bebidas e da posse de uma bicicleta. 

Ainda segundo a PM, a vítima tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas. 

O suspeito continua foragido.

Comentários
×