Hoje tem jantar de Natal na praça Candidés

José Carlos de Oliveira 

 

O período de fim de ano, com a proximidade das festas de Natal e de Ano Novo, é quando as pessoas que vivem em situação de risco, morando nas ruas das cidades, mais sentem a solidão e a saudade da família. 

E é para suprir esta ausência que muitos cristãos de Divinópolis, de diferentes denominações evangélicas e também da igreja católica, costumam promover ações sociais durante todo o ano, voltadas a estas pessoas, sempre com o objetivo de fazerem-nas se sentir mais amadas.  

 

Trabalho na praça 

 

Na Praça Candidés, desde o ano de 2015, cristãos do Ministério Quero Viver, leia-se Projeto Quero Viver (núcleo de recuperação para dependentes químicos de álcool e outras drogas) e igreja Batista da Fé, realizam um trabalho de acompanhamento com viciados em drogas e álcool que moram nas ruas, e vivem nas imediações do pontilhão de ferro, na área conhecida popularmente como ‘Carrapateiro’. 

Ali é feito um trabalho de ação social, todos os dias da semana, esperando que alguém clame por ajuda. Quando assim ocorre, os dependentes são encaminhados às clínicas de recuperação e até mesmo reconduzidos de volta a seus lares. Durante este período, cerca de dois anos, mais de 300 dependentes químicos já foram tirados das ruas e tiveram uma chance de recomeço. 

 

Jantar 

 

Para a noite desta sexta-feira, 22, aqueles que vivem nas imediações da praça Candidés, debaixo do vagão da Biblioteca, ao lado do pontilhão de ferro, da passarela de pedestres e perto dos campos do Guarani e do Flamengo, terão uma chance de sentir o gostinho do Natal. 

Cristãos, membros da Igreja Batista Betel de Divinópolis, que são comandados pelo pastor Israel Leocadio, se reuniram e vão fazer um jantar esta noite para os moradores de rua. Uma grande mesa será montada na praça, para que as pessoas possam se alimentar e, acima de qualquer outra coisa, ter um instante de carinho, de família, ao lado dos irmãos. O jantar será servido a partir das 20h.  

Cristãos se reúnem na Candidés para levar carinho a moradores de rua 

Comentários
×