Hoje é dia de noite de autógrafos

 

Jorge Guimarães

O escritor Eduardo Maia lança, hoje, às 19h o seu terceiro livro: Tidico, feio, estranho e azarado. O livro conta a história de Tidico, um pintinho que passou por inúmeras adversidades e acabou por ser um grande exemplo de perseverança e fé.

Verdade

A história aconteceu de verdade, há mais ou menos 60 anos, quando os avós, pai e tios do escritor viviam na roça.

— Esta história me foi contada mais de cem vezes, por meu pai e tios. É uma história pouco provável, pois são tantas as peripécias vividas pelo protagonista, que assim se inscreve. O trágico e o cômico dançam nesta história, assim como em nossa própria vida. As intempéries do tempo são para nos fortalecer. Todo mundo sai mais forte depois de uma tempestade, já diz o ditado: “o que não te mata, te fortalece” — comenta o escritor.

Lembranças    

À medida que o tempo vai passando, as lembranças daquilo que se tornam eternas, vez por outra, emergem das memórias mais bem quistas e nos redescobrimos protagonistas de lindas e emocionantes histórias.

— Recentemente, rememorando a história, antes de escrevê-la, de contá-la com minhas palavras, com o meu respirar, clareou-me na ideia a grande mensagem que a história de Tidico tem para nos presentear: o amor. O cuidado que o pintinho recebeu, após passar por todas as dificuldades é alentador. Fico pensando no mundo de hoje, vivemos uma crise do cuidado. O cuidado com as pessoas, com os animais, com a natureza, com as minorias, enfim, o cuidado com tudo aquilo que permite que a diversidade exista e que, pra mim, é o mais bonito no mundo — acrescenta o escritor Eduardo Maia.

Ilustração        

Outra coisa importante a se ressaltar a respeito do livro é sobre a ilustração. O livro foi ilustrado por uma ex-aluna do escritor, Rafaella Corrêa. Tão jovem e tão talentosa. É o primeiro livro que ela ilustrou, mas já rendeu elogios da Editora Páginas, de Belo Horizonte, que abraçou o projeto do livro.

Lançamento

O lançamento ocorrerá na Clínica Renovar, à rua Rio Grande do Sul, 517, 2º andar, Centro, a partir das 19h.

 

Comentários
×