Heim-hein-hem

Elmo Fernandes e Professor Carlinhos 

Há duas formas corretas de escrita dessa interjeição: hem, com m final e sem a vogal i, ou hein, com n final e com a vogal i. A interjeição hein, embora seja a preferida e mais usada pelos falantes, é a forma não preferencial da interjeição hem, sendo essa a forma mais correta de escrita da interjeição, segundo as regras ortográficas do português. Ainda assim, a interjeição hein encontra-se reconhecida no vocabulário ortográfico da Academia Brasileira de Letras.

As interjeições hem e hein são usadas para expressar espanto e indignação. Reforçam também o sentido de uma pergunta, sendo sinônimas de: "não é verdade?". Essas interjeições são usadas ainda para indicar que não se conseguiu entender algo que foi dito, tendo o mesmo sentido que: "o quê?" e "como?".

Exemplos expressando espanto e indignaçãoHem? Como assim?

Hein? Como assim?

Exemplos reforçando uma interrogação

Quem diria que isso iria acontecer, hem?

Quem diria que isso iria acontecer, hein?

Exemplos indicando não compreensão

Hem? Não entendi!

Hein? Não entendi!

Hein? O que você disse?

REFLEXÃO DA SEMANA

O vício é uma forma de ser escravo de si mesmo sem se importar nem um pouco com um futuro cheio de más consequências. (Autor desconhecido)

RIA... POR FAVOR!!!

Nomes perfeitos para as respectivas atividades:

  • Ana Lisa
    Psicanalista
  • P. Lúcia
    Fabricante de bichinhos
  • Pinto Souto
    Fabricante de cuecas
  • Marcos Dias
    Fabricante de calendário
  • Olavo Pires
    Balconista de lanchonete
  • Décio Machado
    Guarda florestal
  • H. Lopes
    Professor de hipismo
  • Oscar Romeu
    Dono de concessionária
  • Hélvio Lino
    Professor de música

MÁXIMAS DO PROFESSOR CARLINHOS

  • O TEMPORA, O MORES “Ó, TEMPOS, Ó, COSTUMES”
    Sempre me constrange a necessidade de reafirmar:
    - ...Já “tô” careca de saber.
  • Após tantas preventivas intervenções assépticas em padarias, farmácias, supermercados e outros para devidos usos de álcool (simples ou em gel), minhas mãos já estão rogando suas matrículas na associação dos AA (alcoólatras anônimos).
  • Tenho um amigo de juventude (hoje já sênior) com uma característica inconfundível e marcante: sempre está pontualmente atrasado.

 

Comentários
×