Guarani segue preparação para os campeonatos de base

José Carlos de Oliveira

O Guarani vai disputar no segundo semestre a Taça BH, com seu time juvenil, e o Campeonato Mineiro Sub-14, que é promovido pela Federação Mineira de Futebol (FMF). O coordenador do departamento de futebol amador do Bugre, Marco Túlio Cordeiro, cuida dos últimos detalhes para que o alvirrubro entre com equipes fortes das duas competições.

Estreia na terça-feira

A equipe Juvenil, que é treinada pelo Arthur Silva, segue se preparando para sua estreia na Taça BH 2018. O Guarani joga na terça-feira, às 11h, contra o Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, no estádio das Alterosas, no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte.

A viagem para a estreia no torneio nacional ainda não foi confirmada pela diretoria, mas a delegação deve deixar Divinópolis por volta das 7h de terça-feira, já que a comissão técnica gosta de chegar para os jogos com algum tempo de antecedência, e o duelo frente o time carioca está marcado para as 11h.

A equipe que estreia na Taça BH deve ser confirmada na segunda-feira. O fim de semana será de folga para os jogadores.

Campeonato Mineiro

Pela primeira vez em sua história, o Guarani vai disputar o Campeonato Mineiro com uma categoria Sub-14. A estreia alvirrubra no estadual acontece apenas em agosto e os treinadores Daniel e Paulo, que cuidam da preparação dos garotos, seguem comandando treinos três vezes por semana – às segundas, quartas e sexta-feira – no Farião, no bairro Porto Velho.

O Estadual

A bola vai rolar para o Mineiro Sub-14 no dia 11 de agosto.  Sete clubes - América, América-TO, Bétis, Atlético, Cruzeiro, Guarani e Minas Boca - disputarão o troféu do estadual. Este será o segundo ano do torneio, que só não contará com um número duas vezes maior de participantes que no ano passado, em virtude da desistência do Ponte Nova.

A competição será disputada em três fases. Na primeira etapa, os times jogarão entre si em turno único, classificando-se para as semifinais as quatro melhores equipes. As semifinais ocorrerão em duas partidas, entre 1º colocado x 4º colocado e 2º colocado x 3º colocado. Avançam para a grande final quem obtiver mais pontos nesta fase.

Nas semifinais, em caso de empate após os dois jogos, os vencedores serão definidos através de cobranças de pênaltis. O gol marcado fora de casa não será utilizado como critério de desempate. A equipe com melhor campanha na primeira fase terá a vantagem de decidir os confrontos jogando em seus domínios. No dia 20 de outubro conheceremos o novo campeão mineiro sub-14.

Podem participar da competição atletas nascidos em 2004, 2005 e 2006. A duração da partida será de 60 minutos, sendo dois tempos de 30 minutos e 10 minutos de intervalo. Por decisão dos clubes presentes no conselho técnico, cada equipe poderá efetuar até seis substituições no decorrer do jogo, podendo realizá-las em três momentos distintos, com exceção do intervalo.

Como o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) não prevê julgamento e punição para atletas desta categoria, foi decidido que haverá a possibilidade de substituição disciplinar. Ou seja, não haverá sanção pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD). Em caso de cartão vermelho direto, o atleta não poderá disputar a partida subsequente. No caso de reincidência, o atleta será apenado com duas partidas de suspensão. Tal decisão foi tomada visando manter o caráter pedagógico e de aprendizado para os jogadores que disputam a competição.

Comentários
×