Guarani perde mais uma no Farião e se complica

Derrota para o Betim Futebol deixa o Bugre longe dos primeiros colocados

José Carlos de Oliveira

O sonho de participar do quadrangular final do Campeonato Mineiro Módulo II e de subir para a elite do futebol mineiro já neste ano vai ficando cada vez mais distante para o Guarani. Jogando na ontem à tarde no estádio Waldemar Teixeira, no bairro Porto Velho, o time foi novamente surpreendido pelos visitantes e caiu mais posições na tabela de classificação do estadual.

No segundo jogo seguido em seu estádio, o Bugre perdeu para o Betim Futebol por 2 tentos a 0, com um gol em cada tempo. Marcelo fez 1 a 0 para os visitantes aos 24 minutos do primeiro tempo e Aslen aumentou o placar para 2 a 0 na segunda etapa, aos 27 minutos, em rápido contra-ataque, quando o Betim já estava com um homem a menos em campo. 

Com o resultado, Bugre caiu para a 7ª posição na tabela ‒ e perdeu ainda mais posições ao término dos jogos da noite ‒, com 10 pontos ganhos. Já o Betim Futebol foi a 13 pontos e assumiu temporariamente a quarta colocação, fechando o grupo dos quatro times que se classificam para o quadrangular decisivo do estadual.

Agora o Guarani terá que buscar a recuperação em dois duelos seguidos fora de Divinópolis. Na 9ª rodada enfrenta o Democrata Jacaré, em Sete Lagoas, na segunda-feira, 16, às 19h, e na 10ª rodada joga com o Democrata Pantera, na segunda-feira seguinte, dia 23, às 20h30, em Governador Valadares.

Já o Betim joga em seu campo, a Arena Vera Cruz, no próximo sábado, 14, às 15h, contra o Villa Nova, de Nova Lima.

Script repetido

Na derrota do Guarani na tarde de ontem, se repetiu o mesmo enredo do jogo anterior, frente ao Ipatinga, e parece que o técnico do Betim Futebol apenas reproduziu o script do seu colega do Vale do Aço, chamou o Guarani para o seu campo e matou a partida em rápidos contra-ataques. E poderia ter construído um resultado ainda mais folgado se tivesse aproveitado todas as chances de gol que foram criadas. 

Sem poder de fogo, o Bugre teve apenas alguns bons momentos na segunda etapa, quando já jogava com um homem a mais em campo, mas foi só. Em nenhum instante, o time mostrou que poderia inverter o resultado e agora terá que buscar a recuperação fora de seus domínios nas próximas rodadas, para pelo menos afastar do Farião o fantasma de um novo e hoje possível rebaixamento.

Arbitragem

Apitou a partida Daniel da Cunha Oliveira Filho, tendo como auxiliares Douglas Almeida Costa e Valdeci Ângelo da Silva. O 4º árbitro foi Edson de Freitas Junior.

O Guarani

O técnico Roberto Gaúcho escalou o Guarani para começar a partida, com: Victor Lube; Júlio César, Juan Pablo, Daniel Marques e Gelsinho; Maicom, Magalhães e Rendell; Thiaguinho, Roberto Jr e Daniel. Ainda entraram no jogo os jogadores Iago Feijó no lugar de Gelsinho, ainda no primeiro tempo; Brendon na vaga de Magalhães; e Erick no lugar de Roberto Jr., no intervalo; além de Ian Rodrigues em substituição a Rendell; e Maicom Nascimento no lugar de Thiaguinho, no fim da segunda etapa.

Outros resultados

Além de Guarani 0 x 2 Betim Futebol, a 8ª rodada teve na tarde de ontem mais três jogos. Em Juiz de Fora, no estádio radialista Mário Helênio, o Tupi venceu o clássico frente ao Tupynambás por 1 a 0, com gol de Albert. Em Ubá, no estádio Affonso de Carvalho, Sport Club Aymorés e Democrata de Sete Lagoas ficaram no empate sem gols.

No estádio Soares de Azevedo, na cidade de Muriaé, o Nacional virou para cima do Democrata de Governador Valadares, venceu o duelo por 2 a 1, e assumiu a liderança, mesmo que temporária, do Módulo II.

Comentários
×