Guarani no caminho certo

Batendo Bola

José Carlos de Oliveira 

jcqueroviver@hotmail.com.br

 

Ainda é cedo para apontar favoritismo? Nem tanto. Pelo futebol que está jogando, vencendo e convencendo, o Guarani está, sim, com meio caminho andado para figurar entre os semifinalistas do Campeonato Mineiro 2018, em seu Módulo II.

Depois, serão outros quinhentos. Em jogos eliminatórios, tudo pode acontecer. Porém, a continuar como está, jogando a bola que vem mostrando, não dá para fugir da raia: apontar o Bugre como um sério candidato a subir para a elite do futebol mineiro em 2019 é apenas e tão somente a constatação dos fatos, é enxergar uma verdade que está à vista de todos.

Entre os melhores 

De todos os times que vimos em ação neste início de estadual, é o Guarani aquele que se mostra mais coeso entre suas linhas, com nenhum setor do time deixando a dever neste início de estadual. A equipe, bem comandada pelo técnico Gian Rodrigues, sabe o que quer em campo e busca o resultado a todo o tempo. E o melhor de tudo é que joga com a bola no chão, sem os chutões tão característicos em equipes que disputam divisões inferiores. E isto é algo a ser festejado, sim, por todos, desde comissão técnica, diretoria até o mais incrédulo de seus torcedores.

O Guarani de 2018 está, sim, dando gosto de ser ver.

Uma grande partida

Ainda bem que a TV Candidés transmitiu a vitória de 1 a 0 do Guarani sobre o Clube Atlético Pontal (CAP Uberlândia), na tarde de sábado, ao vivo e a cores, para toda Divinópolis e região. Do contrário, alguns poderiam dizer que era exagero, que era fruto da imaginação. Porque a verdade, meus caros, é uma só: o time do Guarani fez, no fim de semana, uma das mais belas apresentações de um time neste ano no futebol mineiro (nas duas divisões). Foi a Uberlândia, jogou e convenceu, encurralando os donos da casa em seu próprio campo, fazendo parecer que era o Bugre o mandante.

A TV transmitiu tudo ao vivo e hoje todos sabem a verdade. O Guarani só trouxe os três pontos para Divinópolis porque mostrou um grande futebol, jogou bola para vencer qualquer adversário que estivesse do outro lado do campo. Esta é a verdade. Quem pensa diferente não entende nada de futebol. E estamos conversados.

Dando vez à prata da casa

 E um pequeno detalhe está mexendo ainda mais com o coração da torcida. O técnico Gian Rodrigues está dando vez a garotos da base, jovens revelações do time, que aos poucos vão mostrando ter qualidades para integrar o elenco profissional. No duelo contra o Democrata de Sete Lagoas, goleada de 6 a 2, dias atrás, os atletas da base, Jonas e Diego, tiveram suas primeiras oportunidades no Módulo II e, no sábado, Diego pode novamente jogar alguns minutos.

E este é mesmo o caminho. Sabendo que os garotos agora estão tendo vez com o treinador, o torcedor, tão carente de ídolos, tem um motivo a mais para ir ao Farião.

MANGUEIRAS BRASIL

Clareando os números 

Pela classificação atual do Módulo II, que tem o Guarani na liderança, com 12 pontos somados, seguido por Tupynambás e Serranense (10), Tricordiano e CAP Uberlândia (8), Ipatinga e América (7), Nacional de Muriaé (6), Uberaba Sport (5), nas primeiras posições, não há como negar que os números vão clareando. Daqui para frente, se o Guarani fizer apenas o dever de casa (vencer os três jogos que ainda faz no Farião) nas seis rodadas restantes, estará na segunda fase do estadual. E contra números não há argumentos.

Hora e vez da torcida 

Nas três primeiras partidas em Divinópolis, o torcedor fez a sua parte, foi ao Farião e deu seu apoio ao time. Em campo, os jogadores corresponderam, vencendo os três jogos e somando nove pontos como mandantes. E na quarta-feira, eles estão novamente convocados para lotar o Farião e ser o 12º jogador da equipe.

Isto acontecendo, com a torcida fazendo a sua parte, transformando o Farião num autêntico caldeirão, mais fácil será a vida do time e grandes coisas estão reservadas para o Guarani nesta temporada. Eu acredito? E você?

Comentários
×