Guarani inicia treinamentos de olho nos próximos jogos

 

José Carlos de Oliveira

O domingo e a manhã de segunda-feira foram de descanso para os jogadores do Guarani. Após o empate sem gols com o Tupi na tarde de sábado, 9, o time voltou aos treinos ontem a tarde, com a comissão técnica comandando trabalho regenerativo, seguido de treino técnico-tático no Farião.

Satisfeito com o rendimento do time na partida de sábado, apesar de o Bugre seguir sem vitória no estadual, o técnico Gian Rodrigues teve uma longa conversa com o elenco ontem, mostrando a todos a importância de o time pontuar nos dois jogos que fará em sequência fora de casa, nas próximas rodadas.

O alvirrubro volta a jogar pelo campeonato na tarde de domingo, 17, na cidade de Patrocínio, em partida marcada para às 16h e que será disputada no estádio Pedro Alves do Nascimento. Depois, no outro domingo, dia 24, o Bugre joga em Juiz de Fora, no estádio Radialista Mário Helênio, às 11h, contra o Tupynambás.

Ainda sem vencer

O Guarani continua sem vencer no Campeonato Mineiro. No sábado, 9, o time divinopolitano ficou no empate sem gols com o Tupi de Juiz de Fora, em duelo disputado no estádio Waldemar Teixeira de Faria, em Divinópolis.

Com o resultado o Bugre foi a quatro pontos ganhos e caiu uma posição na tabela ao término da 6ª rodada, ocupando agora a 10ª colocação. Este foi o quarto empate do time, em seis rodadas no estadual, tendo perdido duas vezes, para Cruzeiro e Atlético.

A arbitragem do jogo entre Guarani e Tupi foi de Ronei Cândido Alves, sendo auxiliado pelos bandeirinhas Guilherme Dias Camilo e Pedro Araújo Dias Cotta. O público da partida foi de 1.942 torcedores pagantes, com renda de 22 mil e quinhentos reais.

Vilar fecha o gol

No jogo de sábado, no Farião, o Guarani fez sua melhor apresentação no Campeonato Mineiro deste ano. O time buscou o gol os noventa minutos, criando inúmeras oportunidades para tirar o zero do placar, mas seus atacantes pararam no goleiro Ricardo Vilar, que fez pelo menos quatro defesas milagrosas, e segurou o resultado em branco.

 As equipes

O técnico Gian Rodrigues escalou o Guarani para começar o jogo com: Leandro; Yuri, Elder, Paulão e Magalhães; Renato Xavier, Alemão e Ewerton Maradona; Paulo Morais, Douglas Santana e Pedrinho. Ainda entraram na partida Charles no lugar de Paulo Morais, no intervalo, e Leomir na vaga de Douglas Santana aos 29 minutos do segundo tempo.

O Tupi do técnico Gerson Evaristo jogou com: Ricardo Vilar; Afonso, Thiago, Aislan e Emerson; Max Carrasco (Fábio Henrique), Eduardo Nardini (Saulo), Baiano e Nélio; Romarinho e Gabriel Costa (Hugo Rageli).

Resultados da rodada

Além do empate sem gols entre Guarani e Tupi, a 6ª rodada do Mineiro teve mais cinco jogos no fim de semana, sendo dois no sábado e outros três no domingo.

Na tarde de sábado, no estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, o Atlético derrotou o Caldense por 1 a 0, com gol de Leonardo Silva, aos cinco minutos de partida.

À noite, na Arena Independência, em Belo Horizonte, o América manteve a liderança da fase de classificação, com vitória de virada sobre a URT, por 3 tentos a 1.

No domingo, foram três jogos. Pela manhã, no estádio Dilzon Melo, em Varginha, o Boa Esporte venceu o Tombense por 1 a 0 e assumiu a quarta colocação na tabela.

Às 16h30, no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, o Vila Nova venceu a primeira no estadual e deixou a zona de rebaixamento, subindo para a oitava posição. O Leão do Bonfim derrotou a Patrocinense por 3 a 1.

Fechando a rodada, às 17h, o Cruzeiro venceu o Tupynambás por 3 a 0, no Mineirão, com gols de Fred, Rodriguinho e Rafinha, e assumiu a segunda colocação na fase de classificação, com os mesmos 14 pontos do líder América, mas perdendo o primeiro lugar no saldo de gols.

Comentários
×