Guarani inicia preparação para jogo contra o América

 

José Carlos de Oliveira

 A semana é de decisão para o Guarani. Depois do empate de sábado com o Tombense, os jogadores ganharam o domingo e a manhã de segunda-feira para descanso, com a reapresentação do elenco acontecendo na tarde de ontem no Farião.

Os atletas participaram de um trabalho regenerativo, seguido de atividades técnico táticas, com Gian Rodrigues já começando a preparação da equipe para o jogo desta quarta-feira, 20, em Belo Horizonte, contra o América, no último compromisso do alvirrubro pela fase de classificação do Módulo I.

Pela programação divulgada pela comissão técnica, um treino técnico tático está marcado para a manhã de hoje, com a delegação saindo para Belo Horizonte logo após o almoço. O ônibus levando diretores, comissão técnica e jogadores deixa o portão principal do Farião por volta das 13h.

 Dúvidas

 Para a partida decisiva de amanhã com o América na Arena Independência, o treinador ainda não sabe se contará com todo o grupo. Leomir e Charles, ausentes do jogo de sábado por causa de contusões, seguem sob os cuidados do departamento médico do clube.

De toda forma, a ideia de Gian é esperar até o último momento para escalar o que tem de melhor frente o América, na partida que decidirá a vida do Guarani na temporada.

 Empate amargo

 O Guarani não conseguiu o resultado que interessava para se livrar do risco de rebaixamento. Jogando na tarde deste sábado no Farião, o Bugre ficou no empate em 1 tento a 1 com o Tombense, em duelo válido pela penúltima rodada do Módulo I do Campeonato Mineiro 2019.

Com o ponto somado, o Guarani foi a 9, se manteve na 10ª posição na tabela e complicou sua situação na tabela. Na última rodada, que será toda ela disputada no meio de semana, na quarta-feira, às 21h30, o Guarani enfrenta o América na Arena Independência, precisando vencer para permanecer na elite do futebol mineiro.

Os gols da partida foram marcados por Paulão, de cabeça, para o Guarani, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Rodrigo, aproveitando rebote de Leandro em cobrança de falta, para o Tombense, aos 37 minutos da segunda etapa. O público presente ao estádio Waldemar Teixeira de Faria foi de 2.046 torcedores.

 Paulão e Leandro, os heróis

 O Guarani começou a partida marcando o Tombense sob pressão, acuando o adversário, que encontrava enormes dificuldades para sair jogando. Em rápidos contra-ataques, o Bugre criou várias chances para marcar, mas pecava na conclusão das jogadas.

O Bugre abriu o placar aos 23 minutos de jogo com o zagueiro Paulão, escorando de cabeça cobrança de escanteio de Ewerton Maradona pela ponta direita. Mas o grande nome do primeiro tempo foi mesmo o goleiro Leandro, que fez uma sequência de três defesas sensacionais, evitando gol certo do Tombense e dando a vitória parcial ao Guarani na primeira metade do jogo.

 Castigo

 No segundo tempo de jogo, o Guarani poderia ter construído uma vitória tranquila se seus atacantes não desperdiçassem inúmeras chances de gol. Pelo menos em cinco oportunidades foram perdidos gols feitos, que mudariam a história da partida.

E como diz o ditado de quem não faz leva, o Bugre acabou penalizado no fim do jogo, quando saiu o gol de empate do Tombense aos 37 minutos. Alemão fez falta na entrada da área. Ewerton soltou uma bomba que Leandro defendeu, mas no rebote Rodrigo deixou tudo igual em 1 a 1.

Mas o Guarani ainda criou mais duas chances claras para sair com a vitória. Em uma delas, com Pedrinho, no último lance do jogo, o atacante chutou para fora quando estava sozinho na grande área, apenas ele e o goleiro adversário.

O Guarani empatou mais uma no Campeonato Mineiro jogando com: Leandro; Rodrigo Dias, Paulão, Elder e Magalhães; Yuri, Alemão, Ewerton Maradona (Clebson) e Paulo Morais (Renato Xavier); Pedrinho e Diego Silva (Ktatau).

Comentários
×