Guarani em vantagem na final

Batendo Bola 

José Carlos de Oliveira 

jcqueroviver@hotmail.com.br 

 

Já garantido na elite do futebol mineiro em 2019, o Guarani aumentou sua vantagem na final do Campeonato Mineiro 2018, em seu Módulo II. Com o triunfo de 1 a 0 sobre o Tupynambás, em Juiz de Fora, na manhã de domingo, agora o Bugre pode até perder por um gol de diferença no sábado à tarde, que mesmo assim comemora o seu terceiro título do Módulo II. 

A Cereja do Bolo 

Este atual grupo de jogadores do Guarani já alcançou o primeiro objetivo. Recolocou o alvirrubro no lugar que é seu por direito, entre os grandes do futebol estadual. Agora eles querem bem mais, e o título do Módulo II será a cereja do bolo, a coroação de um trabalho que começou há quase um ano, em julho de 2017, quando a diretoria e o técnico Gian Rodrigues começaram a montar o elenco para a disputa do Mineiro.

 Tarefa cumprida? 

Já é o bastante? É claro que não. Com o acesso ao Módulo I em 2019 assegurado, a taça de campeão passa a ser a meta da vez. E ela está bem perto do Bugre. O alvirrubro de Porto Velho está com uma mão no troféu e somente um desastre no sábado estragará a festa que está sendo preparada por sua torcida.

 Valorização 

E tem mais um detalhe a acrescentar neste duelo do próximo sábado. A vitória ou um empate (e mesmo uma derrota por um gol) fará o Guarani campeão, mas é o futuro de muitos jogadores que ganhará um “empurrãzinho” com a taça. A campanha até aqui já fez muitos serem olhados com outros olhos por muitos dirigentes de clubes pelo Brasil afora, mas, com um título no currículo, suas carreiras serão ainda mais valorizadas. Mais fácil será para eles encontrarem clube para jogar no segundo semestre, depois de encerrados seus compromissos com o Guarani.

 MANGUEIRAS BRASIL 

Torcida prepara festa para sábado 

Com o Guarani a 90 minutos de mais um título do Módulo II, a torcida já prepara uma grande festa para a tarde de sábado, quando acontece o jogo de volta da decisão com o Tupynambás.

Com os mesmos preços das partidas anteriores, os ingressos já estão sendo vendidos nos pontos tradicionais, e é bom o torcedor correr para garantir o seu. Como no jogo contra o Uberaba Sport, nas semifinais, a tendência é de que a carga de 4.181 bilhetes seja toda vendida.

 Galo e Coelho no G-4 do Brasileirão 

Atleticanos e americanos são só alegria neste início de Campeonato Brasileiro, com os dois times ocupando o G-4 do torneio (América em 3º lugar e o Atlético em 4º), com duas vitórias em três rodadas realizadas.

Mas não foram somente os triunfos e os pontos conquistados que levaram euforia aos torcedores dos dois clubes, não. O futebol por eles apresentado também mostrou que os times estão no bom caminho.

Se isto é indício de sucesso no final do ano, somente o futuro dirá. Mas que Thiago Larghi e Enderson Moreira encontraram o segredo para fazer seus times jogarem neste início de Brasileirão, isto não há como negar. E se tudo correr dentro de uma normalidade, coisas boas estão reservadas para os torcedores no final do ano.

 O contestado Patric 

De carta fora do baralho a peça importante no esquema de Thiago Larghi. Assim pode ser traduzida a vida do lateral direito Patric na Cidade do Galo neste primeiro semestre.

Antes, a Massa alvinegra queria vê-lo pelas costas. Agora já canta o seu nome nas arquibancadas. Hoje, ele é tão importante para o time que a diretoria renovou seu contrato até o final de 2019.

Com medo de perder seu lateral para o São Paulo, o Atlético fez valer seus direitos de prorrogar o contrato com o jogador, e ele ganhou até aumento de salário. E ele bem que merece isto, pois uma coisa ninguém pode negar: mesmo quando contestado pela torcida, ele não deixou de trabalhar e mostrar vontade em campo.

Comentários