Guarani é campeão no Imef

José Carlos de Oliveira

O fim de semana foi de decisões para as categorias de base do Guarani, em finais da Copa Gol de Placa e do Campeonato estadual, que é promovido pelo Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef).

No torneio regional – Copa Gol de Placa, as finais foram disputadas no sábado, no estádio José Porfírio de Oliveira, campo do Guarany, em Pará de Minas. A decisão do Imef, na categoria Sub-17, entre Guarani e Helsingborg, foi na Toca da Raposa I, centro de treinamentos das equipes de base do Cruzeiro, no domingo.

Um título e dois vices

As decisões começaram no sábado, quando as categorias Sub-15 (infantil) e Sub-17 (juvenil), além das crianças do Sub-9 da Escola de Futebol Bugrinho disputaram as finais, em suas respectivas categorias, da Copa Gol de Placa. Os duelos do torneio regional foram disputados no estádio José Porfírio de Oliveira, campo do Guarany, em Pará de Minas.

Foram dois vices e um título para a garotada do Bugre do Porto Velho. Nas finais das cinco categorias em Pará de Minas, o Guarani esteve presente em três, com um título e dois vice-campeonatos.

Nos duelos decisivos, os garotos do Sub-17 ficaram com a taça, vencendo na final os donos da casa, o Paraense, por 2 a 1.

Já a categoria Sub-15, depois de estar ganhando por 3 a 0, acabou cedendo o empate em 3 a 3 e perdeu o título na disputa de pênaltis. O algoz do Bugre foi o Cristalino de Pompéu.

Já os garotos da Escola de Futebol Bugrinho, categoria Sub-9, foram goleados pelo Araguaia, de Nova Serrana, por 10 a 3, na final de sábado.

Na Toquinha

Na Toca da Raposa I, domingo pela manhã, o Juvenil do Guarani conquistou o troféu mais importante do fim de semana. Na decisão estadual, os garotos do Guarani derrotaram o Helsingborg na disputa de pênaltis, por 3 a 1, depois de empate em 2 a 2 no tempo normal.

O torneio é considerado uma das competições mais importantes no futebol de base no Estado. Na categoria Sub-17, que teve o Bugre como campeão, 24 equipes participaram das disputas.

Na primeira fase o Bugre fez sete jogos, conquistando seis vitórias com apenas uma derrota. Nas fases finais, vitórias nas quartas contra os Mineiros por 2 a 1, no Farião, e na semifinal por 4 a 2, em cima do Cruzeiro Internacional.

Decisão

A decisão de domingo foi emocionante do primeiro ao último minuto de jogo. O Guarani precisou de forças para buscar o empate em duas oportunidades.

Depois de levar 1 a 0, empatou ainda no primeiro tempo. Talisson fez bela troca de passe com Lucas Leonardo e recebeu na área, e com tranquilidade tirou o goleiro da jogada e empurrou para as redes para deixar tudo igual em 1 a 1. Resultado do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, as equipes foram em busca do gol que garantiria o título. Já no final da partida, o Helsingborg marcou o gol que parecia decretar o resultado. Mas, logo na sequência, Thiago, em bonita cobrança de falta, empatou novamente, levando a decisão para a disputa de pênaltis. Aí, os garotos do Guarani foram mais competentes e venceram por 3 a 1.

Destaques

Além da taça de campeão, o Juvenil do Guarani conquistou premiações individuais no Imef. Lucas Leonardo foi o artilheiro, Isac Resende o melhor goleiro, enquanto Thiago Hakkinem foi eleito o melhor jogador da competição.

A campanha em 10 jogos no Imef, foi de 8 vitórias, um empate e uma derrota, com 34 gols marcados e apenas 7 sofridos, saldo de 27.

 

Comentários
×