Guarani aposta na base

José Carlos de Oliveira

 A diretoria do Guarani intensifica os contatos para a montagem do elenco que vai defender o clube no Módulo II em 2018. A duas semanas da apresentação oficial dos jogadores, o que deve acontecer em 2 de janeiro, os diretores continuam a busca por atletas que se enquadrem no perfil elaborado pela comissão técnica para a disputa do estadual.

O técnico Gian Rodrigues, juntamente com o presidente Vinicius Moras e o gerente de futebol Renato Montak fazem observações em uma longa lista de futuros contratados para que o Bugre erre o menos possível na formação do grupo para a próxima temporada.

 Aposta na base 

Até aqui, dos dez nomes anunciados como parte do elenco para o estadual, os mais conhecidos da torcida de Divinópolis são o goleiro Leandro Alcacis, que já defendeu o Guarani em temporadas anteriores, e o volante/meia Magalhães, revelado pelo Cruzeiro, e que também já jogou em Divinópolis.

Já estão definidos e se apresentam dia 2, além de Leandro e Magalhães, o atacante Diego Silva, o lateral esquerdo Neto, o meia atacante Jonas Marques, o zagueiro Jean Pablo, o lateral direito Ricardo Araújo, o meia Leomir Cruz, o atacante Pedro Felipe e o zagueiro Élder Hermínio.

 Mais dois 

Ontem pela manhã, mais duas contratações foram confirmadas. Ambos os jogadores estão dentro do perfil estabelecido, atletas jovens, com ligação com a cidade e o futebol mineiro.

 Lucas Rodrigues

 O jovem meia-atacante é uma das principais promessas da base do Guarani nos últimos. O atleta despontou jogando pelo Sub-17 do Guarani na disputa da Taça BH, em 2015. Com o sucesso durante a competição, ele despertou o interesse do Botafogo do Rio de Janeiro, onde atuou nas duas últimas temporadas.

Jogador ainda da geração de 98, Lucas Rodrigues é mais um atleta da cidade que vai defender o profissional do Bugre. Jogador que fez parte deste início de trabalhos na base, Lucas Rodrigues começou a carreira na escolinha do Futsal do Sparta.

 Léo Torres

 Formado no futebol do interior paulista, na equipe do Linense, Léo Torres é mais um que chega ao Bugre. O Atleta, de 23 anos, já jogou em Minas Gerais, pelo Uberaba, no Triângulo Mineiro. Pelo Zebu, em 2017, entrou em 12 jogos do Módulo II. No segundo semestre, de volta ao futebol paulista, disputou a Segunda Divisão pelo Vocem.

Bugrinho

De férias, o Departamento de Futebol Amador do Guarani comemora neste final de 2017, os bons números da temporada, com as inúmeras conquistas das categorias Sub-15 e Sub-17 e da Escola de Futebol Bugrinho.

Além do bom papel que alcançou nos diversos torneios que disputou do ano, o coordenador do futebol amador do clube, Marco Túlio Cordeiro, festeja o crescimento da escolinha, que este ano teve mais de 150 alunos matriculados para os treinamentos.

Com crianças já a partir de 5, 6 anos de idade, até os 14 anos, a escolinha tem três treinamentos por semana, às segundas, quartas e quintas-feiras, e os interessados em ter seus filhos jogando podem obter mais informações pelo telefone (37) 99919-9990.

 As aulas devem ser retomadas ainda em janeiro próximo.

 

Comentários
×