Grêmio vence na Argentina e conquista a América

Tricolor gaúcho derrota novamente o Lanús e fica com o título da Libertadores 2017

José Carlos de Oliveira

O Grêmio é o dono da América. Na noite desta quarta-feira, em plena La Fortaleza, numa província da Grande Buenos Aires, o tricolor gaúcho voltou a vencer o Lanús, desta feita por 2 a 1, e ficou com o título da Copa Libertadores da América 2017. Esta é a terceira conquista do Grêmio.

As outras foram nos anos de 1983 e 1995. Os gols da partida foram marcados por Fernandinho e Luan, para o Grêmio, no primeiro tempo, e José Sand, para o Lanús, na segunda etapa.

No placar agregado, o tricolor gaúcho fez 3 a 1, já que havia vencido o jogo de ida, em Porto Alegre, por 1 a 0.

Começo arrasador

O Grêmio construiu a vitória ainda na primeira etapa, ao abrir 2 a 0 no placar, com dois golaços, ambos em jogadas individuais e de contra-ataque. No primeiro, aos 27 minutos, Fernandinho, ex-Atlético, roubou a bola no meio de campo e arrancou sozinho para o ataque, já na grande área ele chutou forte, no ângulo, sem chance de defesa para o goleiro Andrada.

Antes de ir para o vestiário, o Grêmio chegou ao segundo gol. Este, o gol mais bonito da noite. Luan fez tudo sozinho, passou por diversos adversários, e na marca do pênalti deu um leve toque, por cima de Andrada, para marcar o segundo.

Nervosismo

No segundo tempo o tricolor gaúcho perdeu uma grande oportunidade para golear os argentinos. O time abdicou do ataque e tentou segurar o resultado. Aos 27 minutos, o Lanús diminuiu com José Sand, em cobrança de pênalti. Mas o time estava nervoso e errava passes de 10 metros, facilitando a vida do Grêmio. E nem mesmo a expulsão de Ramiro, aos 38 minutos, foi o suficiente para dar forças aos argentinos para mudar a história da partida.

No final do jogo, bastou ao Grêmio esperar o tempo passar para festejar a vitória e o tri da Libertadores.

Mundial de Clubes

O Grêmio agora concentra todas suas forças no Mundial de Clubes. Assim como o Real Madrid, o time gaúcho entra direto na semifinal. O adversário será o vencedor do duelo entre Pachuca, do México, e Wydad Casablanca, do Marrocos. A partida está marcada para o dia 12 de dezembro, às 15h (horário de Brasília). Antes disso, no domingo, o Grêmio encerra sua participação no Brasileirão com um time reserva contra o Atlético. O jogo será disputado no Independência, em Belo Horizonte, às 17h. 

Mudança na Libertadores

A conquista do Grêmio provocou mudanças na Copa Libertadores 2018. Agora o G-7 passou a ser um G-8, com o Flamengo, atual 6º colocado, já garantido na edição do ano que vem do torneio continental. Hoje já estão classificados para a Libertadores 2018 o Cruzeiro (campeão da Copa do Brasil), Grêmio (campeão da Libertadores), Corinthians (campeão brasileiro), Santos (4º), Palmeiras (2º) e Flamengo (6º) colocados no Campeonato Brasileiro). Todos eles entram na fase de grupos.

O triunfo gremista deixou o Atlético mais perto da Libertadores pela 6ª temporada consecutiva. Em 10º lugar na tabela, o Galo tem que terminar o torneio, pelo menos na 8ª posição para se classificar.

Comentários
×