Governo de Minas lançará novo cartão medicamento para os servidores públicos estaduais

Da Agência Minas

Os servidores públicos de Minas Gerais terão a possibilidade de adquirir medicamentos em milhares de farmácias do estado com desconto em folha. O Governo de Minas, por meio do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (Ipsemg), deu início ao processo para disponibilizar o cartão medicamento no último sábado, 19, com a publicação no Diário Oficial do Aviso de Abertura de Licitação.

O edital prevê a disponibilização inicial de 1 mil farmácias distribuídas nas 12 regiões assistenciais do Estado. De acordo com o presidente do Ipsemg, Marcus Vinicius de Souza, a previsão é que, gradativamente, seja feita a ampliação dessa rede de farmácias para 3,4 mil drogarias em no máximo 270 dias após o início da operação.

O objetivo é contratar empresa especializada para implementação, operacionalização e administração do cartão medicamento, que é usado pelos beneficiários da assistência a saúde do Instituto para aquisição de medicamentos e outros produtos comercializados em estabelecimentos farmacêuticos.

As compras feitas pelo cartão serão descontadas diretamente em folha de pagamento do titular, no valor da compra.

Para Souza, a retomada do uso do cartão medicamento pelos beneficiários é uma forma de facilitar o acesso a medicamentos e demais produtos farmacêuticos.

— Com o cartão medicamento, que não possui nenhum custo para o beneficiário, o servidor tem a garantia de poder adquirir medicamentos na hora que precisar e pagar depois sem juros ou correção monetária — diz. 

Descontos 

O secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, destaca que o lançamento do edital que permitirá a disponibilização do novo cartão medicamento somente foi possível graças ao pagamento das dívidas do Ipsemg pelo atual governo e da certeza de que elas se manterão em dia. Levy salienta, ainda, que a medida representa mais uma ação do Governo de Minas voltada ao ganho de eficiência na gestão pública.  

— Organizar os beneficiários de modo a permitir que eles, por meio do novo cartão medicamento, possam comprar conjuntamente permitirá que a grande rede de farmácias possa oferecer descontos aos servidores, não apenas pelo volume de beneficiários que devem se utilizar do cartão, mas também pelos baixos custos operacionais e risco zero de inadimplência para os estabelecimentos farmacêuticos — afirma.

Edital

Interessados em participar da licitação, modalidade concorrência encontram todas as informações do edital no site do Ipsemg e no Diário Oficial do Estado, na página 28.

 

Comentários
×