Governo de Minas assume compromisso para conclusão do Hospital Regional em Divinópolis

Da Redação

A conclusão das obras do Hospital Público Regional, em Divinópolis, foi oficializada pelo governador Romeu Zema (Novo) na manhã desta quarta-feira, 29. O anúncio faz parte de uma série de ações que vai somar R$ 645 milhões em investimentos. Os recursos estão garantidos pela Justiça como parte das medidas compensatórias homologadas entre o Estado e as empresas Vale e Samarco.

A retomada das obras já estava na pauta de assuntos estratégicos debatidos entre o deputado federal Domingos Sávio (PSDB) e o Governo de Minas.

Histórico

Na última sexta-feira, 24, Domingos Sávio reforçou o pedido ao governador Zema durante reunião na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

— Eu lembrei ao governador que além do apoio à questão da covid-19, a saúde é uma necessidade permanente e, portanto, não dá para adiar mais a conclusão do Hospital Regional Divino Espírito Santo — afirmou.

Em março, o Governo de Minas já havia antecipado a possibilidade de um acordo entre a Vale e o Estado para a conclusão do Hospital Público Regional. Na época, o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, adiantou que o acordo estava prestes a ser oficializado, com a estatal assumindo a responsabilidade pela execução das obras e a Secretaria de Planejamento e Gestão a fiscalização.

O anúncio

No anúncio para a retomada das obras, nesta quarta-feira, o secretário de Estado de Planejamento de Gestão, Otto Levy, participou da cerimônia ao lado do secretário de Estado de Governo, Igor Eto. Além do Hospital Público Regional em Divinópolis, o Governo de Minas oficializou a conclusão das obras em Conselheiro Lafaiete, Sete Lagoas e Teofilo Otoni.

Há 15 dias, a retomada das obras do Hospital Público Regional de Governador Valadares também havia sido anunciada.

— Com isso, o interior de Minas passará a contar com cinco Hospitais Regionais — concluiu o governador Zema durante entrevista coletiva.

Foco na Saúde

Zema também anunciou, porém não detalhou, que parte do total dos R$ 645 milhões será destinada a investimentos em todas as regiões do estado, como a construção, reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBS) em vários municípios, construção de leitos de UTI e novos blocos cirúrgicos. O governador reforçou ainda a compra de ventiladores pulmonares para equipar os hospitais no tratamento do coronavírus e 1 milhão de testes para a covid-19.

 

Comentários
×