Gleidson se emociona em primeiro discurso na Câmara

Eleitos foram diplomadas na quarta-feira em cerimônia no legislativo

Matheus Augusto

Divinópolis está a menos de 15 dias de ter novos representantes no Executivo e Legislativo. Prefeito, vice e vereadores eleitos foram diplomados na noite desta quarta-feira, 16, na Câmara. A posse ocorre em 1º de janeiro. A cerimônia também contou com a diplomação dos eleitos de São Gonçalo do Pará. Todos receberam o documento oficial do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), condição para a posse.

O primeiro discurso

no Legislativo

Na oportunidade, o único eleito a discursar foi Gleidson. Ele agradeceu a confiança dos eleitores.

— Para mim é uma honra estar aqui, agora, neste momento. Vinte dias atrás eu era um simples verdureiro e agora sou diplomado como prefeito de Divinópolis — comentou.

A intenção é trabalhar em parceria com o Legislativo para mudar o rumo da cidade.

— A palavra principal para esse momento se chama história. Eu acho que todos nós, eu como prefeito e vocês como vereadores, temos a chance de fazer história dentro de Divinópolis. De quatro em quatro anos, sempre tem a diplomação, a posse, e nada foi mudado aqui em Divinópolis — avaliou.

Gleidson ainda pregou união em prol de melhorias para os moradores.

— Como eu sempre falei, “Somos nós ou eles”, agora somos todos nós. (...) a gente pode mudar a história do divinopolitano e é isso que eu pretendo fazer — disse.

O prefeito eleito também agradeceu ao apoio que recebeu de amigos, familiares e da sua vice-prefeita, Janete Aparecida (PSC).

— Mas especialmente a você, meu irmão Cleitinho. Eu te amo. Você pode ter certeza que eu vou honrar durante esses quatro anos o que você fez por mim. (...) A gente vai fazer história, a gente vai transformar a vida do divinopolitano — destacou.

Ele ainda se emocionou ao falar do pai.

— Eu nunca vi meu pai faltar um dia de serviço e é isso que eu quero fazer pelo divinopolitano a partir de agora. Eu serei empregado de vocês. Vamos todos juntos construir uma nova cidade — finalizou

Ao Agora, Azevedo destacou: “A gente não vai mudar Divinópolis em 1º de janeiro, mas trabalho não vai faltar”.

Salto

Atual presidente da Câmara, Rodrigo Kaboja (PSD) é o vereador com mais experiência dentre os eleitos: seis mandatos. Ele, porém, não planeja completar os quatros anos. Seu desejo é desistir da candidatura pela chefia da Mesa Diretora e se candidatar, em 2022, a deputado estadual.

— Não quero mais a presidência e vou tentar dar um salto maior para deputado estadual. Acho que chegou a minha hora de servir Minas Gerais e não apenas Divinópolis — comentou.

Trabalho

A vereadora mais votada da próxima legislatura, Lohanna França (CDN), enalteceu o processo seletivo aberto para a composição do seu mandato.

— A expectativa é conseguir pessoas técnicas e montar o melhor gabinete que essa cidade já viu. A gente tem obrigação de agradecer em trabalho e é isso que vamos fazer — afirmou.

Para ela, o foco é apenas um: “Agora é trabalhar”, finalizou.

Comentários
×