Gasolina tem novo aumento

 

Jorge Guimarães

A Petrobras aplicou o segundo aumento na gasolina em menos de uma semana. Na última, a estatal já tinha autorizado um reajuste de 2,8%, e ontem anunciou uma elevação de 4% no preço nas refinarias. O diesel e o etanol continuam com os mesmos valores. Os custos praticados nos postos de gasolina dependem de cada distribuidora e rede de postos. O reajuste ocorre em meio à alta do dólar, moeda oficial das novas medidas adotadas pela empresa quando se trata de reajustes de preços.

Valores

Em Divinópolis, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP), realizada em dez postos de gasolina, na última semana, o valor médio ficou em R$ 4,73, o mais baixo em R$ 4,61, e o mais alto em R$ 4,89. Na região, Bom Despacho continua sendo a cidade com o menor custo do combustível: R$ 4,59. O produto mais caro encontra-se no município de Formiga, com o preço médio de R$ 4,87.

Consumidor

Nem mesmo o aumento da semana passada chegou às bombas e a Petrobras já anunciou novo aumento da gasolina. Com isso, mais uma vez, o etanol continua a ser o combustível utilizado pelos usuários.

— Meu carro é flex. Há tempos só utilizo o etanol e, pelo visto, vai ser assim por muito tempo. Ainda bem que não mexeram com o preço do diesel, pois, aí sim, teria provocado aquele efeito dominó de aumentos de preços — relata a profissional liberal Daniela Veríssimo.

 

Comentários
×