Gás de cozinha terá aumento de 7% nesta quarta-feira

Da Redação

O Sindicato a Empresas Transportadoras e Revendedoras de GLP do Distrito Federal (Sindvargas) informou na última semana, que o gás de cozinha terá reajuste a partir desta quarta-feira, 1º. De acordo com o Sindicato, o aumento desta vez não partiu da Petrobrás, mas das distribuidoras. Ainda segundo o Sindvargas, o reajuste será em média de 7%, e cobrir altas de custos decorrentes da inflação e o reajuste salarial de funcionários.

- Nosso compromisso é manter nosso serviço que é de excelência prezando a qualidade, garantia e segurança ao consumidor, por isso não há como absorver qualquer tipo de reajuste – informou o Sindicato em nota. 

Em agosto, a Petrobras já tinha reajustado o valor do gás em 7%. 

Inflação

Além do aumento no preço do gás de cozinha, o brasileiro pode preparar o bolso, pois com a disparada da inflação da comida, os efeitos da crise hídrica, insumos mais caros nas plantações e outros fatores que influenciam os preços, como o dólar alto, as previsões para os próximos meses são de que alguns produtos devem ficar até 100% mais caros a partir de setembro.

Várias hortaliças e frutas que ficaram mais cara nos entrepostos do Ceasas de todo país, vão alcançar agora o varejo. Esses reajustes devem afetar itens como mamão, banana e maça, cenoura e tomate também integram a lista.

Comentários
×