Galileu exonera 48 cargos comissionados

Da Redação

O prefeito de Divinópolis, Galileu Machado (MDB) exonerou nessa segunda-feira, 10, 48 cargos comissionados. O decreto 13.082/2018 foi publicado ontem, no Diário Oficial dos Municípios Mineiros. A medida faz parte do novo pacote de economia anunciado pelo Poder Executivo no dia 19 de novembro. Galileu determinou que um gabinete de crise fosse montado, devido à dívida de R$ 100 milhões que o Governo do Estado tem com o Município. Por causa dos atrasos nos repasses, a Prefeitura atrasou os salários dos professores e as escolas municipais e os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei’s) chegaram a ficar sem aula.

Foram exonerados dois cargos na Controladoria Geral do Município; três na Superintendência Da Usina De Projetos; dois na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo; um no gabinete do vice-prefeito; quatro na Secretaria Municipal De Administração, Orçamento e Informação; três na Secretaria Municipal de Agronegócios; um na Secretaria Municipal De Cultura; três cargos na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social; apenas um na Secretaria Municipal de Educação; quatro cargos na Secretaria Municipal de Esportes e Juventude; seis na Secretaria Municipal de Fazenda.

As exonerações foram feitas ainda na Secretaria Municipal de Governo, com três demissões; uma na Secretaria Municipal de Operações Urbanas; quatro na Secretaria Municipal De Planejamento Urbano e Meio Ambiente; três na Secretaria Municipal De Trânsito e Transporte; e sete na Secretaria Municipal de Saúde.

Comissionados

O Agora apurou que nenhum cargo comissionado foi exonerado do gabinete do prefeito e nem da Procuradoria Geral do Município. Dos 48 cargos comissionados exonerados 28 eram ocupados por servidores efetivos, e apenas 20 eram de livre nomeação.

Novo organograma

Conforme as informações do Portal da Transparência, a Prefeitura tem 221 cargos comissionados criados por lei, e destes 215 estavam ocupados, sendo 128 por servidores comissionados, e 87 por servidores efetivos. Como já adiantando pelo Agora na última semana, todos os cargos comissionados serão exonerados no dia 31 de dezembro, de acordo com o Decreto 13.086/2018, também publicado ontem, no Diário Oficial.

Segundo uma fonte, as exonerações ocorrerão devido ao novo organograma da Prefeitura, aprovado no meio do ano pelos vereadores. Os servidores serão exonerados para que o Poder Executivo adeque cargo e salário, conforme a nova estrutura organizacional do Município.

 

Comentários
×