Galeria de Arte BDMG Cultural recebe  a exposição ‘Estratégias do Mercado’

 

A Galeria de Arte BDMG Cultural inaugura sua nova exposição, Estratégias do Mercado, de Augusto Fonseca, nesta sexta-feira, 8, às 19h. Selecionada pelo programa Mostras BDMG, dedicado às artes visuais, o trabalho foi selecionado pelo edital público de concorrência de 2018 e apresenta uma série de obras inéditas com o objetivo de criar uma reflexão sobre uma sociedade pautada no consumo e no poder econômico.

A mostra fica aberta à visitação do público de 9 de fevereiro a 10 de março, diariamente, inclusive aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Às quintas, das 10h às 21h. O acesso será gratuito.

 - Vimos nas últimas décadas um crescimento  desenfreado do consumo, da estetização da vida, do excesso de informações e de exposições midiáticas, no qual consumidores se tornaram cada vez mais parecidos com os produtos que consomem  - explica Augusto Fonseca. O artista criou as suas obras a partir de objetos simbólicos do consumo, como um carrinho de compras que se torna uma arapuca.

Reflexão

Estratégias do Mercado propõe uma reflexão sobre uma sociedade construída em cima do consumo e do poder econômico, que gera o desperdício de recursos, agrava os problemas com o lixo no meio ambiente e, do ponto de vista econômico e cultural, aprofunda os processos de alienação.

- Os desenhos explicitam as estratégias de indução  criadas pelas propagandas e comerciais. Construídos por meio da palavra 'compre', os objetos representados se transformam em invólucros prisionais e discutem as armadilhas sedutoras da vida contemporânea - afirma.

Com ironia, criação de rótulos e corrompendo o uso das palavras, Augusto cria também processos de exploração do comportamento e da ideologia que alimenta e transforma pessoas em mercadorias. Esse processo reverbera no campo da arte e do seu mercado consumidor.

 O artista

 Augusto Fonseca é artista plástico formado pela Escola de Belas Artes da UFMG. Realizou diversas exposições individuais e coletivas, inclusive, em 2013, deixou a sua marca na Galeria de Arte BDMG Cultural. Em 2012, passou a integrar o setor de artes visuais do Museu de Arte da Pampulha. Participou das comissões de seleção e organização das 5ª e 6ª edições do programa Bolsa Pampulha, do projeto Telas Urbanas e do Arte Urbana.

(Com informações da Agência Minas)

Comentários
×