Formalidade cresce 33% em Divinópolis

 

Pablo Santos 

O volume de abertura de micropequenas empresas cresceu 33% em Divinópolis. O percentual de divininopolitanos entrando na formalidade supera Minas Gerais e o Brasil, de acordo com o Portal do Microempreendedor.

Conforme os dados disponíveis no portal, até 31 de julho, Divinópolis já tem 14.161 inscritos no Microempreendedores Individuais (MEI). No ano passado, neste mesmo período, estavam registrados 10.596 microempreendedores, ou seja, o crescimento foi de 33% em um ano.

Em Minas Gerais, o volume de inscritos também aumentou, no entanto em menor proporção em relação a Divinópolis. De acordo com o Portal do Microempreendedor, foram abertas no Estado 827 mil unidades até julho deste ano. No mesmo período do ano passado, estavam inscritos no MEI 808 mil microempresas.

Minas Gerais é o terceiro estado com maior volume de formalizados. São Paulo aparece na primeira posição com 1,8 milhão inscritos e o Rio de Janeiro na segunda colocação com 829, de acordo com os dados. No Brasil estão inscritos, atualmente, 7,1 milhões. No ano passado, esse número era maior 7,3 milhões, conforme os dados disponíveis para consulta. 

Formalidade 

Para virar MEI, basta fazer um cadastro bem fácil no site portaldoempreendedor.com.br. Ele é destinado para as pessoas que trabalham por conta própria e se legalizam como pequenos empresários, com carga tributária mais baixa e acesso a benefícios como a Previdência Social.

O MEI automaticamente é enquadrado no Simples Nacional, um regime tributário simplificado que reúne oito impostos em uma mesma alíquota, e não precisa pagar os tributos federais, como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL.

O empreendedor paga apenas um valor fixo mensal que varia para cada setor: R$ 45 no comércio ou na indústria; R$ 49 para prestação de serviços; e R$ 50 para empresas de comércio e serviços. Este valor será usado na Previdência Social e no pagamento de ICMS ou ISS.

Comentários
×