Forças de segurança ganham estande de tiro

Gisele Souto

 A Polícia Militar (PM) de Minas Gerais de Divinópolis e região ganha, na próxima sexta-feira, 11, na cidade, o novo estande de tiros para treinamento da tropa da 7ª Região da PM (RPM) e forças de segurança do Centro-Oeste. A conquista foi possível por meio de Jaime Martins Filho, quando era deputado federal, através de emendas.

A solenidade ocorrerá na 7ª Companhia de Policiamento Especializado, no bairro Icaraí, onde o estande vai funcionar, e contará com a presença do comandante-geral da PM em Minas, coronel Giovanne Gomes da Silva. A inauguração será às 9h.

— Na construção do orçamento do ano de 2018, enquanto deputado federal, estive reunido com as forças de segurança e fiz a indicação de dois recursos para Divinópolis e região. Foi um total de R$ 487 mil para a ampliação do Colégio Tiradentes e o montante de R$ 770 mil para a construção de um estande de tiros, atendendo à demanda de treinamento das polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros e agentes penitenciários — disse Jaime.

Para o comandante do 23º Batalhão da PM, tenente-coronel, Rodrigo Coimbra, o local será mais adequado e central, além de ter acesso mais fácil. Ele diz ainda que se trata de um estande padrão, presente nas melhores polícias do Brasil.

Já para o comandante da 7ª Região da PM, coronel Webster Wadim, o novo estande representa uma grande conquista do ponto de vista do treinamento e da qualificação técnica e profissional dos policiais militares.

— Além de ser um grande anseio de toda a tropa da guarnição de Divinópolis, corresponde a uma das principais diretrizes do comando da instituição, que é a valorização do nosso talento humano, por meio do acesso à tecnologia e ao que há de mais moderno no campo da segurança pública, possibilitando, assim, melhores resultados no enfrentamento da criminalidade, bem como melhor prestação de serviço à nossa comunidade — disse.

De acordo com ele, vale ressaltar que a PM prima pela busca constante da melhor qualificação de seus integrantes, que realizam anualmente diversos tipos de treinamentos, inclusive o de tiro, que, por sinal, só neste ano já habilitou boa parte da tropa da no uso e emprego de armas de alta energia (fuzis), para fazer frente a ocorrências de maior complexidade.

— Desta forma esperamos continuar prestando um serviço com maior qualidade ainda — acrescenta.

As forças de segurança usam há muito tempo o estande o Tiro de Guerra para treinar.

Comentários
×