Forças de segurança alinham trabalho para o Pré-Carnaval

Da Redação

Os divinopolitanos saem às ruas amanhã, na festa de Pré-Carnaval. O evento, tradicional há alguns anos, já está na lista das festividades do município. Em 2020, a festa sofreu mudanças no percurso que os foliões farão. Ela estará restrita à extensão da rua Pitangui, no perímetro entre a avenida JK e o Mercado Distrital e imediações,  que serão devidamente demarcadas, no bairro Bom Pastor.

Para a alegria dos festeiros, neste ano, seis blocos se apresentam. Já conhecidos na cidade, Bloco do Cléo, do Samba, dos Caveiras, Barteria, Cipó e Haja Amor prometem arrastar uma multidão. A estimativa, segundo os organizadores, é que 40 mil pessoas estejam presentes.

Carnaval e segurança

A Prefeitura apresentou ontem o esquema de segurança que está sendo preparado pelos órgãos organizadores da festa. Em uma coletiva de imprensa, comandantes das polícias Civil e Militar, e Corpo de Bombeiros explicaram como serão as ações para garantir que a festa deste ano aconteça de maneira tranquila.

O prefeito Galileu Machado (MDB) agradeceu e parabenizou a cooperação dos órgãos de segurança que ajudam a Prefeitura. Galileu disse que as mudanças deste ano, como a de trajeto, trarão mais mobilidade e facilidade para participantes e população. O delegado Regional, Leonardo Pio, falou do compromisso da Polícia Civil, que, segundo ele, estará a postos para o atendimento de possíveis ocorrências que surgirem.

O comandante da 7ª Região da PM, coronel Webster Wadin, destacou que o objetivo é a realização de uma festa bonita, que obedecerá a todos os critérios de segurança. Ainda segundo o comandante, o Pré-Carnaval contará com um efetivo de 150 militares e 25 viaturas. A cidade receberá também reforço policial que virá de Belo Horizonte para auxiliar nos trabalhos. Além de todo o efetivo disponibilizado pela PM, Webster Wadin destacou a presença de cinco postos policiais nos arredores da Pitangui. Também alertou os foliões para dicas de segurança que devem ser seguidas.

— Temos algumas considerações a fazer para o próprio folião. Venha para se divertir, se preocupe com as crianças e as traga devidamente identificadas.  A sociedade terá um atendimento eficaz. Outra sugestão é de vir com pouco dinheiro e dar preferência a outros meios de deslocamento, como o táxi — disse.

O comandante também apontou que, em 2019, um dos maiores problemas da polícia foi em relação ao consumo exagerado de bebida alcoólica e, que neste ano, não haverá tolerância em relação ao horário.

— A PM quer estar perto do cidadão, da sociedade, para que ela possa se divertir. Aconselho ao cidadão que ele venha informado sobre as sugestões de segurança. Aproveito para citar que o Carnaval vai começar às 10h e terminar às 21h, nós não vamos abrir mão deste horário, haja vista que ali perto tem moradores e um hospital — finalizou.

Outro órgão que auxiliará no evento é o Corpo de Bombeiros. A comandante Amanda Cristina explicou que, para o melhor funcionamento do evento, foi preparado um projeto de prevenção e em casos de necessidade os Bombeiros é que vão auxiliar com medidas de socorro.

Além do policiamento dos órgãos de segurança pública, a Prefeitura garantiu que 100 seguranças foram contratados para ajudar na segurança e que haverá também brigadistas do município.

Para entrar na área da folia, as pessoas serão revistadas e terão de apresentar documento de identificação. Há também para esta edição um decreto que proíbe a venda e porte de garrafas de vidro.

Transporte

O secretário de Trânsito, coronel Marcelo Augusto dos Santos, avisou que as linhas do coletivo municipal terão reforço. Será feita, segundo ele, a partir da meia noite, a interdição da rua Pitangui. As linhas, que compreendem 12 ônibus que passam pelo Danilo Passos, sofrerão alterações por causa da interdição de ruas.

O reforço das linhas acontece das 12h às 15h e entre 20h e 23h, inclusive para bairros mais afastados, como Ermida e Icaraí. Para a segurança no trânsito, o secretário informou que 30 agentes estarão de plantão.

Programação Cultural

Quem for carnavalizar na Pitangui terá uma programação extensa. Às 10h começa o bloco infantil Os Caverinhas. Depois, às 12h45, se apresenta o Bloco do Samba, seguido pelo Bloco do Cléo às 15h. Já às 17h15 entra o Bloco dos Caveiras.

Quem percorre a avenida são os blocos do Cipó, das 13h às 15h30, e o “Haja Amor”, que cai na pista às 14h30, começa o desfile às 15h30 e segue até 18h. Já o Barteria faz sua concentração às 17h e se apresenta em movimento das 18h às 20h30.

O Pré-Carnaval é encerrado com show de Vinicius Melo & Banda, convidado pela Secretaria Municipal de Cultura.

Comentários
×