Fim de semana tem contação de histórias em Divinópolis

Jorge Guimarães

Verdadeiro celeiro de contadores de histórias, Divinópolis recebe o Estação das Histórias, uma série de eventos voltados para a arte da contação. Integrada ao programa Conexões Criativas, a viagem cultural está dividida em vários espaços geográficos até o próximo dia 1º, com diferentes atrações. E o melhor: todas totalmente gratuitas.

Nesta sexta, 23, a contadora Denise Arantes faz duas exibições do espetáculo “Mosaico de histórias”, na Escola Estadual de Educação Especial Helena Antipoff, às 10h; e na Escola Estadual Santo Tomaz de Aquino, às 14h.

Lá vai o trem

O fim de semana continua com o grupo Trem da História, que encena “Lá vai o trem”, no Centro Espírita Jesus De Nazaré, neste sábado, dia 24, às 10h; e na Vila Vicentina Padre Liberio, no domingo, dia 25, às 13h. Criado há dois anos, o coletivo é um desdobramento de ex-alunos do curso “A arte de contar histórias”, do espaço A Casa Arte e Cultura.

— A ideia é que os alunos se transformem em multiplicadores de histórias — descreve a educadora Vânia Ordones, ministrante do curso e contadora há mais de 20 anos.

Dose dupla

Na próxima quarta, 28 de novembro, Divinópolis recebe espetáculos em dose dupla. Pela manhã, às 10h, a contadora Mariana Bernardes exibe o espetáculo “Em cantos com contos”, na Escola Estadual Engenheiro Pedro Magalhães. Ela integra o Grupo Encontro, que completa 18 anos de contações de histórias este mês.  Já Vânia Ordones apresenta “Na batida do tambor” na Escola para Surdos Aavida, às 14h.

Oficinas

O Estação das Histórias também terá duas oficinas para quem pretende se iniciar na arte da contação. A primeira delas, “A importância da nossa história”, acontece neste sábado, dia 24, das 14h às 18h, na livraria Boutique do Livro. No fim de semana seguinte, dia 1° de dezembro, é hora de botar a mão na massa com o workshop “Histórias brincantes”, também das 14h às 18h, n’A Casa Arte e Cultura.

Comentários
×