Fim de semana será da sétima arte

 

Jorge Guimarães

A 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes começa na próxima sexta, 18, e se estende ate o próximo dia 26, transformando a cidade histórica na capital do cinema brasileiro. A programação, abrangente e gratuita, traz filmes em pré-estreias, debates, lançamentos, apresentações musicais, performances, oficinas, encontros e diálogos audiovisuais.

O evento abre o calendário audiovisual brasileiro. Ao longo de nove dias, serão 108 filmes, 28 longas, dois médias e 78 curtas-metragens, em 49 sessões e 30 debates e encontros, além de performances artísticas, oficinas, lançamentos de livros e apresentações musicais.

Espaços

As atividades mobilizam a cidade histórica e ocupam três importantes espaços locais: o Largo da Rodoviária, que recebe a instalação do Complexo de Tendas; o Largo das Fôrras, que recebe o Cine-Praça; e a Praça de Convivência, no Centro Cultural Sesiminas Yves Alves, que, além de ser a sede do evento, recebe a programação de debates e filmes no Cine-Teatro.

Abertura

 A abertura, na noite desta sexta, homenageia a atriz, dramaturga e diretora mineira Grace Passô. A cerimônia exibe, em estreia mundial, o média-metragem “Vaga Carne”, uma coprodução assinada pela Universo Produção, EntreFilmes e Grãos de Imagem, dirigida por Grace Passô e Ricardo Alves Jr. O encerramento da Mostra será com outro trabalho mineiro, o longa “Os Sonâmbulos”, de Tiago Mata Machado, no dia 26, às 20h.

Artes

Nem só de cinema é feita a Mostra de Tiradentes. Repetindo a bem-sucedida parceria cultural com o Sesc, o evento leva à cidade artistas de destaque na cena mineira e nacional, relacionados de alguma forma às temáticas e aos debates propostos durante toda a programação. Assim, exposições, cortejos, teatro de rua, performances e várias intervenções artísticas ao longo da programação prometem fazer de Tiradentes a capital da cultura.

Comentários
×