Festival reúne talentos da música autoral em Lagoa da Prata

Rafael Camargos

Com o objetivo de incentivar a música, a cena autoral e o fomento cultural, Lagoa da Prata recebe no próximo sábado, 4, mais uma edição do maior evento de música nesse segmento na região Centro-Oeste. Gratuito, o “Lacustre Festival” reúne bandas de rock, MPB, samba e rap. Serão mais de dez horas de shows, arte e diversão. O evento ocorre na Praça dos Ferroviários, em frente à pista de skate, a partir das 10h.

Durante o “Lacustre”, haverá apresentações de oito bandas da região e Belo Horizonte reconhecidas nacionalmente: Young Lights, Miêta, Bicho Mecânico de Asas, Gatilho, Teto Preto, Último Copo, Pé Vermelho Rock Blues e Mad Chicken.

Para abrir as apresentações, diversos músicos, compositores e intérpretes de Lagoa da Prata devem se reunir em um “encontrão”.

Como explica Daniel Ribeiro de Melo, um dos organizadores, o evento será uma oportunidade de espaço para os músicos mostrarem suas composições e, a partir disso, fazerem com que o público local conheça o talento e o trabalho destes profissionais, que se dedicam diariamente para desenvolver um serviço de qualidade. 

— Promovendo essa cena autoral, as bandas terão espaço para mostrar suas músicas para toda a população e, assim, através deste evento, informá-las de que existem artistas que produzem, que trabalham e que têm talento e disposição para apresentar músicas de qualidade — comentou.

Ele continuou dizendo que a ideia é que, a partir dessas apresentações, o público possa ter novas experiências musicais.

— O Lacustre faz uma conexão com outras bandas. É uma oportunidade para os próprios músicos realizarem um networking e conhecerem novos artistas — finalizou.  

Além de música

Além de música, haverá ainda exposições de carros antigos, produções culturais, espaço para crianças, barber shop, praça de alimentação, chopes artesanais e açaí.

A Associação São Francisco de Assis estará recolhendo doações voluntárias de alimentos não perecíveis e brinquedos.

O evento está sendo realizado pelos coletivos E-cult e Nexalgum, com o apoio do Instituto Marina Augusta Machado (Imam), Fundação Futura, Academia Lagopratense de Letras (Acadelp), entre outras empresas e entidades de Lagoa da Prata.

Comentários
×