Festival de Pipas em Divinópolis resgata infância

Mais de 200 pipas coloriram o céu da cidade

 

Jorge Guimarães

Realizado neste domingo, o 1º Festival de Pipas de Divinópolis. Centenas de crianças, adultos, pais e filhos participaram do evento em um grande momento de alegria e descontração. Foi aberto a toda a população e teve estrutura, muita música e momentos especiais de lazer.

 Ao todo, mais de 200 pipas coloriram o céu da cidade. Foram premiadas as categorias maior pipa, mais criativa, a de voo mais alto e uma que foi o destaque especial. Ao final foi realizado sorteio de brindes entre os inscritos.

Vencedores

Na categoria de maior pipa, o vencedor foi Deiverson Cláudio de Paula, com a pipa medindo 7 metros e 28 centímetros. Em segundo lugar ficou Fabrício Dornas com a pipa de 6 metros e 21 centímetros. Em terceiro, Túlio Souza, com a pipa medindo 4 metros e 35 centímetros.

Na categoria de voo mais alto foram classificados os seguintes pipeiros: Emerso Luiz (1º lugar), Rafael Arcanjo (2º) e Rogério Luzio (3º).

Premiados da categoria das pipas mais criativas: João Paulo de Souza (1º), João Vitor de Oliveira (2º) e Carlos de Jesus (3º).

A pipa premiada com troféu de destaque especial foi a de Gustavo Henrique, representando o “Bonde do Campina”. Em uma única linha foram empinadas 14 pipas com o nome do grupo.

Durante o evento, a equipe "Bonde do Campina" fez a distribuição de cerca de 100 pipas para as crianças carentes que acompanhavam o evento.

Sucesso

Segundo o organizador do evento, Roger Viegas, o evento superou as expectativas e foi um resgate das brincadeiras de infância.

— Tivemos a chance de reunir muitas famílias e relembrar as brincadeiras saudáveis da infância. Com cunho beneficente, pois arrecadamos alimentos e iremos doar a entidades filantrópicas. Podemos afirmar que esse foi o primeiro de muitos festivais — comentou.

O evento contou com apoio do Condomínio AltaVille, da Secretaria Municipal de Esportes e Juventude e Botelho Esportes, dentre outros colaboradores.

 

Comentários
×