Férias Gravatá segue até 9 de fevereiro

Da Redação 

O projeto Férias Gravatá, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura (Semec), continua apresentando a diversidade cultural do município. A proposta começou em janeiro e encerra-se em 9 de fevereiro. Os ingressos custam R$ 30 inteira e, R$ 15 meia ou antecipado, e devem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou na Boutique do Livro.

Vários gêneros são contemplados no projeto realizado no Teatro Municipal Usina Gravatá, como infantil, improviso, drama, comedia, stand-up, teatro de bonecos e palhaçaria.

Confira a programação:

23/01, 20h: peça “A farsa”, baseada em uma notícia publicada em 2016, aborda diversas questões atuais. Classificação livre.

24/01, 20h: Pimpão e Fumaça apresentam “O show para a família”, de palhaçaria e música, comemorando seus 25 anos. Classificação livre.

25/01, 20h: “Desculpa, estamos testando”, em que os grandes nomes do stand-up mineiro se reuniram em um show para fazer piadas e filmar para postar na internet. Classificação de 14 anos.

26/01, 20h: “Os ImprovisAtores”, em que a Cooperativa de Teatro convida atores de várias companhias para juntos fazerem uma comédia improvisada e bem humorada. Classificação de 10 anos

30/01, 20h: “Os Saltimbancos”, por meio da música, um grupo de animais canta as suas angústias e resolvem se unir contra a exploração realizada por seus patrões. Classificação livre.

31/01, 20h: “Os Insanos in Cena”, o espetáculo retrata cenas cotidianas. Classificação de 14 anos.

01/02, 16h: “Os três irmãos porquinhos em busca de aventura e a perseguição de um lobo mau atrapalhado”. Classificação livre.

01/02, 20h: “Entre o céu, o inferno e o picadeiro”, uma narrativa de comédia que se passa em um picadeiro de um circo mequetrefe. Classificação livre.

02/02, 20h: “Ê, família”, uma história especial que leva o público a uma viagem à década de 80/90. Classificação de 10 anos.

06/02, 20h: “A formiguinha e a neve”, a história de luta de uma formiguinha que tenta sobreviver ao inverno rigoroso. Classificação livre.

07/02, 20h: “Sarauzinho em Libras”, um espetáculo totalmente inclusivo, para crianças surdas e ouvintes. Classificação livre.

08/02, 20h: “Entre quatro paredes”, três personagens que após a morte são condenados a viver juntos para sempre, em uma sala fechada.

9/02, 16h: “O melhor brinquedo”, espetáculo infanto-juvenil que aborda questões como o incentivo à leitura e o bullying. Classificação livre.

9/02, 20h: “Menina veneno”, espetáculo que se passa nos anos 80. Classificação de 14 anos.

Comentários
×