Feriado não registra mortes nas estradas

 

Ana Laura Corrêa

O feriado prolongado da Proclamação da República, entre os dias 14 e 18 de novembro, terminou sem vítimas fatais em Divinópolis e região.

Dados da 7ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária mostram também que, no período, foram registrados 21 acidentes. O número representou uma queda de 40% em relação ao feriado de 2017, quando ocorreram 35 acidentes.

As ocorrências com vítimas feridas foram 11. Também foi verificada uma redução, de 31%, em relação ao ano passado, quando o número foi de 16. Em 2017, no entanto, foi registrado um acidente com vítima fatal.

O número de feridos aumentou 24%. Nos 11 acidentes registrados neste ano, 31 pessoas ficaram feridas. Já no ano passado, houve 25 vítimas feridas.

MG-050

A Nascentes das Gerais, concessionária responsável pela administração do sistema MG-050/BR-265/BR-491, afirmou que reforçou suas atenções nos serviços de guinchos, nas inspeções de tráfego, no Centro de Controle Operacional (CCO), Atendimento ao Usuário (AU) e nas praças de pedágio durante o feriado prolongado.  

Ainda de acordo com a Nascentes, as obras que podiam causar interferência no tráfego foram suspensas durante o feriado, exceto as dos quilômetros 326 e 352 da MG-050, que ocorreram sob a operação “Pare e Siga”, 24 horas por dia.

Oliveira

Nas rodovias da região da cidade de Oliveira, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) não registrou acidentes de trânsito. De acordo com as informações, as ocorrências do feriado prolongado foram somente relacionadas a infrações de trânsito. A PRE afirmou ainda que realizou operações ao longo das vias a fim de proporcionar maior segurança para os usuários.

 

Comentários
×