Fazendo Arte movimenta praça do Santuário

Foram quase três horas de espetáculos e 27 apresentações artísticas

Jorge Guimarães

O Projeto Fazendo Arte levou uma multidão a praça da Catedral, no domingo, no 3º Festival de Arte. Foram quase três horas de espetáculos e 27 apresentações artísticas dos jovens das oficinas do projeto. Famílias, amigos e admiradores conferiram as apresentações, que movimentaram a cultura da cidade até o começo da noite. 

Antes das atrações, o projeto apresentou os arte-educadores, equipe, parceiros e apoiadores do projeto ao público. Depois, subiram ao palco os jovens da oficina de teatro musical, seguido pelos alunos de dança folclórica, hip-hop, percussão, canto, viola caipira e violão.

Maria Aparecida Santos, tia de um aluno de hip-hop, estava empolgada com a apresentação do sobrinho.

— Ele sempre falava muito bem do projeto, mas não imaginava que era assim. Foi espetáculo maravilhoso — disse.

Rafael Souza passeia com a filha de seis anos todos os domingos na praça e ficou surpreso com as centenas de pessoas acompanhando o espetáculo.

—Parei e comecei a prestar atenção e percebi os jovens talentos no palco — disse.

Valsa

Caminhando para os 15 anos do projeto, a valsa tocada ao vivo e dançada encerrou as apresentações do domingo no festival.

— A valsa é um símbolo dos 15 anos e preparamos essa apresentação final para comemorarmos todos juntos. Fizemos com carinho, respeito e todo cuidado para mostrar que arte é um bom caminho para os jovens seguirem. Agradeço a todos que participaram e lotaram a praça neste domingo — afirmou a coordenadora do projeto, Lenir de Castro.

 

 

Comentários
×