Fazendo Arte é contemplado com recursos

Jorge Guimarães

O Fundo Diocesano de Solidariedade 2018 (FDS) contemplou o Projeto Fazendo Arte, entre outras instituições, com recursos oriundos da Campanha da Fraternidade deste ano com o tema “Fraternidade e superação da violência”. O projeto foi selecionado por estar em sintonia com a proposta da campanha.

Objetivo

A Diocese de Divinópolis criou o FDS em consequência da criação da equipe permanente da Campanha da Fraternidade com objetivo de apoiar projetos relacionados à campanha anual da Igreja Católica.

Reconhecimento

Para a coordenadora do projeto, Lenir de Castro, a escolha demonstra que a iniciativa está promovendo a cultura, a paz, reconciliação e a justiça social como caminho da superação da violência.

— Estamos extremamente agradecidos com o recurso. O projeto tem uma história ligada ao tema da Campanha da Fraternidade 2018 e é mais um indicador de que estamos no caminho certo. Sempre promovemos a cultura para os jovens em bairros com maiores índices de vulnerabilidade social, levando paz e amor para superar essa onda de violência que vem assustando — disse Lenir de Castro.

Equipamentos

O valor doado pelo fundo de R$ 6,7 mil será utilizado para a aquisição de equipamento de som para oficinas e pequenos eventos e 200 camisas para os alunos do projeto.

15 anos

Após 15 anos de atuação, o Fazendo Arte não foi contemplado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura.  Coordenação, entidades, ex-alunos, familiares dos alunos e arte-educadores se mobilizaram para o maior projeto sociocultural de Divinópolis não parar. Entidades como a Igreja Católica também contribuem com o projeto.

O projeto ensina a arte desde 2003, por meio das oficinas de violão, canto popular, teatro, viola caipira, danças (ballet / jazz/ danças folclóricas / hip-hop).

 A gestão do projeto é da Associação Cultural de Educação Social e Artística (Acesa), além de ter o apoio da Prefeitura de Divinópolis, por meio das secretarias municipais de Cultura e Educação. O Centro Diocesano de Divinópolis também apoia.

Comentários
×