Fazendo Arte é aprovado no Fundo Estadual de Cultura

Ana Laura Corrêa

O projeto Fazendo Arte foi contemplado pelo edital para organizações da sociedade civil do Fundo Estadual de Cultura. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira, 28. Ao todo, 197 projetos no estado de Minas Gerais serão beneficiados com R$ 7 milhões em recursos da Secretaria de Estado de Cultura.

O “Fazendo Arte", por meio da entidade Associação Cultural de Educação Social e Artística, receberá R$ 59,5 mil. Como informa o edital, o repasse de recursos do Fundo Estadual de Cultura é limitado a 80% do valor total do projeto, que deve, como contrapartida, providenciar o restante dos recursos necessários à execução da atividade. Além disso, a entidade deverá apresentar as marcas do Governo de Minas Gerais e do Fundo Estadual de Cultura na divulgação do projeto.

Já o "Prato Rural - Costumes e Fazeres da Culinária de Raiz", do Instituto de Educação, Cultura e Pesquisa Probar, ficou em 7º lugar entre os suplentes. Se os demais forem desclassificados ao longo do processo, o projeto poderá receber R$ 75 mil.

Região

Na região, o projeto "Ecos da Ditadura II", da Corporação Musical Santa Cecília, de Itapecerica, receberá R$ 60 mil.

Em Itaúna, dois projetos foram contemplados: "140 Anos de Teatro em Itaúna", da Associação Cultural Vânia Campos, que receberá R$ 69,5 mil, e "Muita Arte na Praça", da Associação Cultural e Assistencial Projeto Usina de Sonhos, contemplado com R$ 32 mil.

Reprovados

Dois projetos de Divinópolis não foram aprovados por não atingirem a pontuação exigida no edital. Ficaram de fora as entidades Associação Dramágico de Teatro e o Grupo Educação, Ética e Cidadania (Geec).

Comentários
×