Fazendo Arte é aprovado na Lei Estadual de Incentivo

Serão R$ 160 mil para beneficiar 700 crianças e adolescentes

Da Redação

O Projeto Fazendo Arte, aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura, finalizou nesta semana a captação de recursos para dar continuidade às atividades do projeto mantendo as aulas online e presenciais. Gerdau Unidade Rio Branco e Sidercentro Ferro e Aço são as parceiras do Fazendo Arte.

A idealizadora e coordenadora do projeto, Lenir de Castro, destacou a importância da participação das empresas para continuar oferecendo oficinas para crianças e adolescentes sem oportunidades de propostas socioculturais.

— Temos uma fila de espera enorme de jovens esperando uma vaga no projeto. Agora com novos parceiros podemos oferecer novas oportunidades para serem inseridos nas nossas oficinas de arte — destacou Lenir.

A Gerdau já é parceira do projeto há 10 anos e a Sidercentro do Grupo Ciafal começa também a contribuir. Juntas, as empresas disponibilizarão, através da Lei de Incentivo, R$ 160 mil para beneficiar 700 crianças e adolescentes. 

Gerando Falcões

Desde o ano passado, o Fazendo Arte/ Acesa faz parte da Rede Gerando Falcões em Divinópolis, que trabalha como ponte, através de uma rede com as ONGs conveniadas apoiando atendimentos de famílias vulneráveis.

O Fazendo Arte tem a proposta de inclusão sociocultural e qualificação profissional de jovens desde 2002. Oferece sete oficinas: viola, violão, balé/jazz, hip-hop, danças folclóricas ,canto popular  e teatro. As aulas são em sistema híbrido, online e na sede do projeto Fazendo Arte, na Rua Espírito Santo, 273, no Centro.

Comentários
×