Familiares e amigos farão protesto após morte de homem em assalto

Da Redação

Familiares e amigos de José Hilton da Silva, de 48 anos, irão para as ruas do bairro dona Quita na tarde desta quinta-feira, 19, para protestar sua morte. Ele foi assassinado com dois tiros na cabeça durante um assalto em um bar.

A vítima chegou a ser socorrida, porém, ao chegar à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), não resistiu aos ferimentos. A mobilização está marcada para as 19h30 e a expectativa é levar cerca de 300 moradores para as ruas.

Crime

Segundo a Polícia Militar (PM), tudo começou por volta das 22h25, quando dois homens em uma motocicleta Honda XRE, de cor preta, praticaram um roubo e levaram uma bolsa na rua Olímpio Moreira, no bairro Dona Quita.

Em seguida, os suspeitos foram à rua Alexandre de Souza Morato, em um bar do local, onde abordaram dois homens, de 48 e 50 anos, exigindo que entregassem os telefones celulares.

Eles entregaram imediatamente os aparelhos. Porém, o autor armado, não satisfeito, efetuou diversos disparos de arma de fogo. Dois atingiram a cabeça da vítima José Hilton.

Comentários
×