Fala sério

Fala sério 

Não é por nada, não! Mas alguns vereadores desta legislatura arrumam uma “falação” desnecessária e sem sentido. E olha que não precisa entender de política para perceber o ato em toda reunião. Além disso, uma reclamação desmedida sobre assuntos cansativos e ligados, especialmente, ao Executivo. Claro que faz parte da função do vereador cobrar também. Mas não custa ajudar, né! Assim também, como não é obrigação fazer obras, apesar de muitos prometerem, não impede de correr atrás e, pelo menos, tentar ajudar. Já tem gente demais só resmungando e exigindo, mas que não move uma palha do lugar para auxiliar em alguma coisa. Apontar as situações e cobrar é muito fácil. Agora, resolve ou, pelo menos, tenta.   

 

Inacreditável 

Em que mundo milhares de divinopolitanos estão vivendo? Não dá para acreditar que, mesmo depois de vários pedidos da Prefeitura e repercussão na imprensa, cerca de 15 mil pessoas estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 em atraso. A orientação é que esse público procure o Centro Administrativo. Apesar de um novo alerta feito nesta semana, ainda não houve alteração nos números. Muito triste e, principalmente, preocupante, visto que o coronavírus ainda circula por aí, e uma variante, ainda mais violenta, conforme especialistas, já disputa com ele as contaminações no Brasil. De duas, uma: ou esses moradores não acompanham notícias, ou não estão nem aí para o próximo. Por enquanto, ainda fico com a primeira alternativa.

 

Três casos 

Enquanto há dúvidas e questionamentos sobre essa nova variante, a Secretaria da Saúde de São Paulo confirmou ontem o terceiro caso da variante na cidade. Trata-se do passageiro da Etiópia que desembarcou no Aeroporto Internacional em Guarulhos, no último sábado, quando testou positivo para covid-19. Antes, dois resultados para a Ômicron tinham dado positivos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que ainda há muita confusão sobre a cepa, sobretudo, sobre o perigo que representa aos países. Ainda bem que até o momento não há nenhuma morte associada à variante. Mas alerta que podem acontecer futuros picos de covid, com consequências severas. Dito isso pela entidade que mais entende de saúde no mundo, o melhor a fazer é prevenir. E como se faz isso? Além dos cuidados básicos, o mais eficiente de todas: a vacina.

 

Novas restrições 

Em Minas Gerais, o governador, Romeu Zema (Novo), afirmou ontem que acompanha com apreensão a chegada da variante ao país. Ele ressaltou que o Estado poderá voltar a impor restrições caso haja piora dos indicadores que monitoram a pandemia. Atualmente, todas as regiões de Minas Gerais estão na onda verde, a mais flexível, do programa Minas Consciente. Porém, com o receio de uma nova onda de casos, Minas Gerais não deve desobrigar o uso de máscara em espaços públicos. Inicialmente, a flexibilização estava prevista para ocorrer em novembro. Além disso, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSB), já descartou a realização de festas no Réveillon e o Carnaval está cancelado. Ainda bem que tem gente que ainda enxerga além do umbigo, mesmo sendo políticos e o período eleitoral se aproximando. 

 

Mais que uma empresa 

O Agora celebrou seus 50 anos fora do mês, mas com ações muito especiais e participação de pessoas muito importantes nestes novos tempos. A principal delas, a designer gráfico e gestora de marketing Rosângela Vasconcelos, que está à frente da Tuez Design há 20 anos. Durante um ano sem eventos devido às restrições da covid-19, foi um período para pensar, criar e inovar. Foi quando o Agora mudou de cara, se vestiu para o novo, tudo sob a batuta dela, incluindo a logomarca dos 50 anos. Um toque especial, com um resultado fabuloso que saiu de cabeça pensante que em tudo que pega fica maravilhoso. Por trabalhos assim, com dedicação, capricho, qualidade e amor em tudo que faz, que a Tuez é mais que uma empresa. É por isso que, quando se fala em publicidade e propaganda em Divinópolis, é o primeiro nome que vem à cabeça de todo mundo. 

Comentários
×