Faixas no Camelódromo exibem insatisfação de ambulantes

Da Redação 

A situação do camelódromo já está definida. Representantes da Associação Profissional dos Vendedores Ambulantes (Aprovad) e Prefeitura acordaram a saída da categoria do local no próximo dia 12. O acordo, inclusive, foi homologado pela Justiça. No entanto, parte dos vendedores ainda continua insatisfeito com o acordo. Quem passou pelo quarteirão fechado nesta sexta-feira pôde notar faixas exibindo a indignação com a decisão.

“Hoje somos nós, camelôs, que estamos desempregados. Em 2020, serão vocês vereadores!”, destaca uma das faixas. Em outra é possível ver a seguinte mensagem: “Cliente do camelódromo, o prefeito Galileu vai entrar para a história de Divinópolis. A partir do dia 13/01 vai deixar 150 pais de famílias desempregados. Parabéns, prefeito e sua gestão”.

A expectativa da Prefeitura, como acordado com a Aprovad, é que a categoria deixe o camelódromo até o próximo dia 13. Já no dia seguinte, a intenção é de remover toda a estrutura do local.

Comentários
×