Fabiano Tolentino é nomeado assessor de deputado estadual

 

Da Redação

O ex-deputado estadual Fabiano Tolentino (PPS) foi nomeado assessor parlamentar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Fabiano irá assessorar o deputado estadual eleito, Gustavo Mitre (PSC). A nomeação do ex-deputado estadual foi publicada no Diário do Legislativo no dia 2 de fevereiro, um dia após a posse dos deputados estaduais, que foi realizada no dia 1° de fevereiro.

Fabiano, que já disse em entrevistas ser pré-candidato à Prefeitura de Divinópolis, foi nomeado para o cargo padrão VL 55, com 8 horas diárias. Consta no Portal da Transparência da Assembleia Legislativa que para este cargo, com jornada diária de oito horas, o salário é R$ 18.138,90.

Apesar da nomeação, o agora assessor parlamentar afirmou que manterá seu nome na disputa ao Poder Executivo Municipal, em 2020. Fabiano disse ainda, que manterá seu domicílio residencial e eleitoral em Divinópolis. Em entrevista ao Divinews, o ex-deputado estadual ressaltou ainda que:

— Tem horas que o nosso desejo tem que ficar em segundo plano, pois tenho família para criar e contas para pagar – justifica.

Em novembro, o ex-deputado chegou a dizer em entrevista que recebeu vários convites para trabalhar, porém não aceitou, por serem fora de Divinópolis. Tolentino afirmou na época que queria permanecer na cidade, e já trabalhar para as eleições de 20206

Carreira

Fabiano foi eleito vereador, em Divinópolis, em 2008 com 5.155 votos e deputado estadual em 2010 com 31.182 votos. Em 2014, foi reeleito como Deputado Estadual, dobrando sua votação para 62.776 votos. Em seu último mandato, o ex-deputado estadual fez forte oposição ao ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT).

No ano passado, Fabiano disputou uma vaga na Câmara dos Deputados, mas não conseguiu se eleger deputado federal. O agora assessor parlamentar recebeu 67.006 votos. Tolentino recebeu cerca de 18 mil votos só em Divinópolis, e é o segundo suplente no chão formado por PSDB, PSD, Solidariedade, DEM e PP nas eleições do ano passado. O primeiro suplente é Marcos Pestana (PSDB).

Comentários
×