Exportações de Divinópolis já alcançam 4º melhor resultado em 17 anos

 Pablo Santos

As empresas divinopolitanas alcançaram a quarta melhor marca em 17 anos exportando. Estatísticas divulgadas ontem pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) confirmam o faturamento de US$ 154 milhões em 10 meses das indústrias exportadoras do município. Países da America Latina são os principais parceiros comerciais da cidade e o Egito é destaque nos dez primeiros meses de 2017.

Com os US$ 154 milhões faturados até outubro, os negócios com exterior superaram a marca de 2007, quando nos 12 meses foram negociados com outros países US$ 151 milhões de produtos.

O melhor ano das exportações divinopolitanas continua sendo 2008, quando o faturamento das empresas locais chegou a US$ 318 milhões. O segundo melhor ano foi 2005 com US$ 219 milhões e o terceiro, 2011 com US$ 186 milhões.

Na sequência aparecem os US$ 154 milhões de 2017 ainda faltando ainda dois meses para encerrar o faturamento anual. Neste ano, o resultado caminha para melhorar e ultrapassar 2011 com os US$ 186 milhões negociados com o exterior, se a média mensal de US$ 15,4 milhões for mantida.

América Latina

Três países da América Latina são responsáveis por 47% da compra dos produtos divinopolitanos. O principal parceiro comercial é o Peru com compras de US$ 26,7 milhões, acompanhado da República Dominicana US$ 24,1 milhões e Argentina US$ 21,9 milhões.

Na sequencia, aparece o Egito com US$ 21,6 milhões. No ano passado, no mesmo período, os negócios com o país árabe ficaram em apenas US$ 1,8 milhão, de acordo com a Secex.

 Produtos

Os produtos siderúrgicos representam neste ano 93,7% do faturamento com as exportações. Os itens semimanufaturados de ferro ou aço não ligado tiveram vendas de US$ 98,2 milhões, ou seja, 63,59% de tudo que foi exportado pela cidade neste ano.

O ferro fundido bruto e ferro spiegel registraram faturamento de US$ 25,3 milhões, respondendo por 16,40%. As barras de ferro ou aço não ligado venderam US$ 21,1 milhões, alcançando 13,69% da pauta de exportação neste ano. 

Quadro

2000 31.699.409

2001 26.702.725

2002 34.578.972

2003 86.558.361

2004 119.669.243

2005 219.840.273

2006 144.046.061

2007 151.564.866

2008 318.090.046

2009 110.304.403

2010 116.981.809

2011 186.717.431

2012 119.722.398

2013 106.577.212

2014 68.557.720

2015 74.923.776

2016 103.500.602

*2017        154.478.223

Até outubro 

 

Comentários
×