Exportações crescem 33% no 1º trimestre

 

Pablo Santos

As vendas para o mercado externo avançaram 33% no primeiro trimestre do ano. Republicana Dominicana, Guatemala e Peru foram os principais parceiros comerciais de Divinópolis nos três primeiros meses de 2019. Os itens das siderurgias representam quase 100% das vendas dos produtos da cidade para o mercado internacional. 

Conforme os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), foram enviados para exportação no primeiro trimestre US$ 69,07 milhões em produtos. No mesmo período do ano passado, o valor chegou a US$ 51,7 milhões, ou seja, o crescimento é de 33,49%.

As exportações de Divinópolis representam 1,2% do total que Minas Gerais envia para o exterior. A cidade é a 26ª em volume de exportação de Minas Gerais, e no Brasil, ocupa a posição 140º lugar.

Os principais itens exportados por Divinópolis são os siderúrgicos. Os itens seminifaturados de ferro, barras de ferro e ferro fundido são os produtos enviados ao exterior, e, juntos, representam 98% do volume das exportações.

Com 39% dos US$ 69 milhões, a República Dominicana é o principal parceiro comercial de Divinópolis. Na sequência, apareceu o Peru, com 30% e a Guatemala com 17%.

Taiwam e Holanda ficam com 6,4% e 4% das exportações, respectivamente.

2018

No ano passado, as exportações chegaram ao faturamento de US$ 197,8 milhões. O desempenho foi 2% maior na comparação com 2017, quando os negócios com o exterior encerraram com vendas de US$ 193,7 milhões.

O faturamento de 2018 foi o melhor desde 2009. Naquele ano, as exportações encerraram com US$ 110,3 milhões, e, no ano seguinte, passaram para US$ 116,9 milhões. Já em 2011, os negócios com o exterior somaram US$ 186 milhões, mas, no ano seguinte, voltaram a cair: US$ 119 milhões e, em 2013, passaram para US$ 106,5 milhões.

Em 2014, as exportações voltaram a despencar para US$ 68,5 milhões e, depois deste período, o faturamento voltou a subir e se manteve em crescimento desde 2015.

 

Comentários
×