Ex-jogador lança ‘Desafio do Bem’ em benefício da Apae

José Carlos de Oliveira

 O Campeonato Mineiro começa para o Guarani no dia 17 de fevereiro de 2018. O Bugre estreia no Módulo II contra o Ipatinga, no estádio João Lamego Netto, o Ipatingão, no Vale do Aço.

No torneio estadual, as equipes se enfrentam em turno único, jogando todos contra todos e se classificando os quatro primeiros para a segunda fase, as semifinais. Para chegar à final, garantindo vaga na elite do futebol mineiro em 2019, o Guarani terá que disputar 15 partidas, as 11 da primeira fase e os quatro jogos das fases finais.

 Campanha pela Apae

 O meia atacante Fabrício Sousa, que defendeu a camisa de grandes clubes do Brasil, como o América e o Atlético Paranaense, lançou esta semana um desafio aos divinopolitanos, amantes do futebol, que sejam ou não torcedores do Guarani. A ideia é promover uma campanha em benefício da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae/ Divinópolis) nos jogos do Guarani.

Pela proposta, por cada gol que for marcado pelos jogadores do Guarani no Mineiro, a pessoa doaria certa quantia em dinheiro, a ser depositada, depois de cada quatro partidas do Bugre no estadual, na conta da Apae.

Fabrício abriu a fila, garantindo que para cada gol do Guarani ele destinará R$ 20 para a Apae. O dinheiro não passará por mãos de terceiros, devendo ser depositado diretamente na conta de nº 68.787-1 – Agência 0372-7, do Banco do Brasil, em nome da Apae. 

Chamado  

Pelas redes sociais, Fabrício convoca os torcedores de todas as torcidas a abraçarem esta causa.

— Quem se habilita a entrar nessa campanha, brincando por melhores dias para nossas crianças excepcionais?

Fabrício garante ainda que, ao final do estadual, vai sortear duas camisas- uma do América e outra do Atlético Paranaense – entre todos os participantes do ‘Desafio Solidário’ — pergunta.

 

Comentários
×