Ex-jogador do Cruzeiro morre após sofrer parada cardíaca em Portugal

Alex Apolinário tinha 24 anos e defendeu a Raposa entre 2015 e 2018

Bruno Davi Bueno

O futebol mineiro está de luto. Morreu nesta manhã de quinta, 7, o ex-jogador do Cruzeiro Alex Apolinário de apenas 24 anos. Ele havia sofrido uma parada cardiorrespiratória enquanto jogava uma partida — Alverca, seu time, contra o Almeirim, pela terceira divisão do Campeonato Português. 

O caso

Alex caiu no gramado aos 27 minutos do primeiro tempo da partida entre Alverca e Almeirim. O atleta foi atendido por profissionais de saúde no gramado e, após ser estabilizado, foi levado ao Hospital de Vila Franca de Xira. Durante o atendimento, jogadores dos dois clubes se uniram em uma roda de oração no centro do gramado.

No hospital, o meia foi sedado e entubado. Não apresentando melhora, teve sua morte cerebral confirmada nesta quinta-feira. 

Seu clube emitiu um comunicado logo após o ocorrido confirmando a morte de Alex.

— Com profundo pesar comunicamos, de acordo com as informações prestadas pelo corpo médico do Hospital de Vila Franca de Xira, o falecimento por morte cerebral do nosso atleta Alex Sandro dos Santos Apolinário, esta manhã. O FC Alverca Futebol SAD prestará todo o apoio necessário a seus familiares — declarou o Alverca em publicação nas redes sociais.

Cruzeiro

Alex chegou às categorias de base do Cruzeiro em 2015 e, nos dois anos seguintes, chegou a fazer 17 jogos pelo time profissional. Após ser emprestado ao Athletico-PR em 2018, deixou o Brasil para defender o Alverca.

Nos primeiros anos de Cruzeiro, principalmente nos juniores, era considerado uma grande promessa da equipe, sendo comparado até com seu xará e ídolo, o careca Alex. Estreou profissionalmente em uma partida disputada na Primeira Liga, em 2016, quando entrou aos 19 minutos da segunda etapa substituindo Matiás Pisano. 

Comentários
×