Evacuação é cancelada e população pode retornar para casa

Anna Lúcia Silva

Moradores das regiões consideradas de risco em Brumadinho  já podem retornar para suas casas, pois a barragem B6, na Mina do Feijão voltou ao nível de segurança, na tarde deste domingo (27). No início da manhã 24 mil pessoas foram orientadas a deixar suas casas e seguirem para regiões mais altas. As buscas pelos desaparecidos foram então retomadas e os acessos à cidade também foram liberados.  

“As pessoas devem voltar para suas casas. Retornamos para o risco 1, ou seja, a barragem não oferece risco nem para a população, nem para os bombeiros que retomaram os trabalhos de busca. Houve a drenagem de água e localizou-se que ela não oferece risco de rompimento”, disse o tenente coronel Godinho, coordenador adjunto da Defesa Civil em Minas.

Os Bombeiros repassaram uma atualização dos números de afetados pelo rompimento da barragem, sendos 37 mortes, 192 pessoas resgatadas, 361 localizadas e 287 desaparecidas. 

 Alarme

O alarme de alerta quanto SOS riscos de rompimento tocou por volta das 5h e por isso, o porta-voz dos Bombeiros, tenente Pedro Aihara havia dito que 24 mil moradores teriam que deixar suas casas para se concentrarem em pontos seguros da cidade. Por esse motivo as buscas haviam sido suspensas e os trabalhos ficaram concentrados na evacuação.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a água da barragem está sendo bombeada para reduzir o risco. No momento, ela tem um volume equivalente a 840 mil metros cúbicos de água. Qualquer mudança no quadro a população será comunicada, de acordo com o coordenador da Defesa Civil em Minas, tenente Godinho.

Comentários
×