Etanol sobe 8,5% em 2019

 

Pablo Santos

O preço dos combustíveis em Divinópolis subiu neste ano. Desde o começo de 2019, a alta já chegou a 8,5% na cidade, de acordo com os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxa. No Brasil, os preços também subiram, mas valor do etanol na cidade é superior à média nacional. 

Conforme as informações da ANP, o litro do etanol na cidade está cotado a R$ 3,30, em média, nos 10 estabelecimentos analisados. No começo do ano, o combustível estava custando no município R$ 3,04, ou seja, o acréscimo em três meses foi de 8,5%.

No menor valor, o litro do etanol na cidade é comprado por R$ 3,19 e, no maior, a R$ 3,39, conforme a pesquisa da ANP.

A gasolina também registrou o salto no preço. A pesquisa apontou o litro registrou alta de 5,09% de janeiro para março. No começo do ano, estava custando R$ 4,51 e depois passou para R$ 4,74 na última pesquisa de março, conforme a ANP.

Brasil

De acordo com levantamento da ANP, os preços médios do etanol hidratado subiram em 16 estados e no Distrito Federal na semana passada. Houve recuos em outros nove estados e não houve avaliação no Amapá.

Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP, o preço médio do etanol na semana passada ficou estável ante a anterior, em R$ 2,969.

Em São Paulo, principal estado produtor e consumidor, a cotação média do hidratado avançou 0,04% sobre a semana anterior, de R$ 2,833 para R$ 2,834 o litro. A maior alta semanal, de 3,50%, foi na Paraíba.

 Na comparação mensal, os preços do etanol subiram em 22 estados e no Distrito Federal, recuaram no Acre, em Goiás e em Roraima.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,379 o litro, em Mato Grosso, e o máximo individual ficou de R$ 4,949 o litro, no Rio Grande do Sul. Mato Grosso tem também o menor preço médio estadual, de R$ 2,637 o litro, assim como os postos gaúchos registram o maior preço médio, de R$ 4,105 o litro.

 

Comentários
×