Etanol está mais barato na cidade

 

Jorge Guimarães

O mês de abril veio com oscilações nos preços de combustíveis na cidade. No etanol e diesel houve queda na casa dos 2%, e os preços da gasolina se mantiveram estáveis. Em relação ao etanol, a situação é mais preocupante quanto a um futuro próximo, pois, as usinas começaram agora, em ritmo lento, a colher a nova safra de cana-de-açúcar, o que pode elevar o preço do combustível, como já está acontecendo em quase todo o Brasil.  

Preços

A Agência Nacional de Petróleo (ANP) realiza pesquisas de preços semanalmente. E, na última semana, compreendida entre os dias 4 e 7, o levantamento foi realizado em 10 postos de combustíveis da cidade. O preço médio do etanol ficou em R$ 3,194; o mínimo, em R$ 3,097; e o maior preço praticado ficou em R$ 3,299. E, na contramão do restante do país, o preço médio do etanol, que no início do mês era de R$ 3,272, caiu 2,38%, em relação ao resultado da última pesquisa. Lembrando que, nas últimas quatro semanas, o preço médio chegou a alcançar os R$ 3,304, no fim de março.

A gasolina, na última pesquisa, teve o preço médio de R$ 4,720; o mínimo de R$ 4,597, e o maior preço fixado em R$ 4,899. Os preços médios do fim de março e da última semana ficaram equivalentes.

Já o diesel teve o seu preço médio de R$ 3,668, o menor valor encontrado, por sua vez, foi de R$ 3,599, e o maior, R$ 3,757. O diesel também subiu em relação ao preço médio do inicio do mês, R$ 3,574, contra R$ 3,668, o que significa um aumento de 2,63% nos quinze primeiros dias de abril.          

Brasil

O preço do etanol, no país, teve alta de até 15% na semana passada, resultado da pouca oferta do produto feito pelas usinas que iniciaram lentamente a colheita da nova safra de cana-de-açúcar.  

Comentários
×