Etanol continua com bons preços em relação à gasolina

Jorge Guimarães

O preço do etanol vem, neste segundo semestre, ganhando disparado da gasolina e, se a Petrobras continuar com a atual política de preços, vai ser difícil o consumidor brasileiro deixar de abastecer com o álcool. Para se ter uma ideia, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), em Minas Gerais, nos últimos cinco anos o consumo de etanol teve um aumento de mais de 300%, enquanto a gasolina teve baixa de 38%.    

Em Divinópolis, de acordo com pesquisa realizada pela ANP, na última semana, em dez pontos de vendas, o etanol continua levando vantagem em relação ao preço da gasolina. O preço médio da gasolina ficou em R$ 4,74, o mais baixo em R$ 4,61 e o maior em R$ 4,89. Já o preço médio do etanol ficou em R$ 3,06, o menor em R$ 2,89 e o maior, R$ 3,19.

Vantagem

Para se ter vantagem em abastecer com o etanol, a ANP considera que o etanol deve custar, no máximo, 70% do preço da gasolina. Na cidade, segundo a última pesquisa, o etanol está 64% mais barato em relação ao custo da gasolina.

Região

Nas cidades vizinhas, a gasolina mais cara foi encontrada em Formiga, que tem o preço médio em R$ 4,87 e mais barata em Bom Despacho, com valor de R$ 4,61. Já o etanol mais caro foi constatado em Pará de Minas, com o preço médio de R$ 3,18 e o mais barato ficou, novamente, em Bom Despacho, com R$ 2,95.

Para o representante comercial Júlio César Alves, o melhor custo-benefício tem sido o etanol.

— Como viajo toda semana, a minha opção está sendo o etanol.  E espero que estes preços continuem por um bom tempo, pois assim teremos pelo menos um início de ano sem muito aumento dos combustíveis — avaliou.

Comentários
×